Alexis Santos de bronze nos 200 estilos e Diana Durães com recorde nos 800 livres em Tarragona, Espanha

1 ano ago 0

Alexis Santos com uma medalha de bronze nos 200 estilos e Diana Durães com um recorde nacional nos 800 livres estiveram em destaque na primeira jornada dos Jogos do Mediterrâneo – Tarragona 2018. Uma jornada marcada ainda pelo recorde nacional estafeta 4x200L femininos.
Alexis Santos assegurou a medalha de bronze noa 200 estilos com 2.00,83 minutos apenas superado pelo grego Andreas Vazaios (1.59,40) e pelo espanhol Hugo Gonzalez (2.00,53). No sexto lugar ficou Gabriel Lopes (2.02,46). Alexis Santos foi ainda sétimo na final dos 50m costas.
Alexis Santos: “Correu bem. Era a prova principal e sabendo que estes eram os primeiros Jogos do Mediterrâneo para Portugal, queria representar bem o país Portugal. Fiquei contente”, disse o nadador à LUSA, que vai disputar em agosto o campeonato da Europa em Glasgow. Este foi um bom indicador das minhas condições para o Europeu. O objetivo é sempre melhorar os tempos. Sei que as possibilidades de lutar por um lugar na final são altas e o objetivo é sempre conseguir baixar o recorde nacional”, acrescentou o nadador olimpico do Sporting.
Diana Durães, bateu hoje o recorde nacional dos 800 metros. A nadadora do Benfica terminou em quarto lugar com a marca de 8.29,33 minutos, superando o anterior máximo que já lhe pertencia com 8.35.10 desde 28.07.17 em Budapeste. A portuguesa terminou em quarto lugar com a vitória a ir para a italiana Simona Quadarella (8.21,44). Mireia Belmonte foi prata (8.26,55) e o bronze para a eslovaca Tjasa Oder (8.28,91). Tamila Holub foi sétima com 8.44,78.
Diana Durães: “depois do recente recorde nacional nos 1500 metros, onde passei a 8.35 aos 800, sabia que era possível bater e este máximo nacional dos 800 metros. Estou muito feliz porque esta marca é abaixo dos mínimos olímpicos por quatro segundos, numa altura em que ainda estou em carga de treino e, portanto, com possibilidades de melhorar. No aquecimento senti-me bem e com boas adversárias também ajuda e motiva. Quando passei a meio da prova a 4.14 e depois dobrei a 4.14 e um bom indicador. Agora vou competir nos 200 livres que não é a minha prova e depois farei os 400 ai sim para lutar por uma medalha.”
Recorde Nacional estafeta 4x200L femininos com 8.13.42. O quarteto luso – Diana Durães, Rita Frischknecht, Ana Monteiro, Tamila Holub – terminou em quarto lugar e superou a marca nacional anterior de 8.29,48 – Maria Carlos Santos, Sónia Oliveira Vilar, Ana Feio Alegria, Rita Lopes Fernandes a 05.06.98 Lisboa – EUL.
Na jornada de hoje destaque ainda para o quarto lugar de Victoria Kaminskaya nos 400 estilos (4.42,34), o quarto lugar da estafeta masculina dos 4×100 livres (3.27,15)dos quinto lugar para Raquel Pereira nos 200 bruços (2.29,57) e Miguel Nascimento foi oitavo na final dos 200 livres (1.51, 47).
José Machado, DTN: “Prestação muito positiva. Nadadores apresentaram-se bem, apesar não estarem ainda momento mais alto. Estiveram bem nas estafetas e recordes nacionais. Os 800 livres de Diana Durães foi de nível excelente com marca mínima para jogos olímpicos. Os resultados para esta altura são muito bons e indiciam que podemos obter bons resultado no Europeu. De referir que o nível competitivo é muito forte nos Jogos do Mediterrâneo. Os países participantes levam esta prova muito a sério. Defendemos que é uma grande oportunidade para a natação ter este nível competitivo antes do Europeu.”

Fonte Federação Portuguesa de Natação

clique nas imagens abaixo para ter acesso as ofertas