Brasil encerra Mundial de Paracanoagem com quatro medalhas

3 anos ago 0

Caio Ribeiro e Luis Carlos Cardoso foram os destaques da delegação brasileira no Mundial de Paracanoagem, disputado em Racice, na República Tcheca. Cada um conquistou duas medalhas e foram os responsáveis pelos quatro pódios (um ouro, duas pratas e um bronze) da equipe verde e amarela na primeira grande competição internacional da modalidade neste ciclo, que culminará nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.
Neste sábado, 26, Caio Ribeiro foi medalhista de prata na KL3 200m masculina, mesma prova em que havia sido bronze nos Jogos do Rio 2016. O brasileiro registrou o tempo de 39s821 e foi superado apenas pelo ucraniano Serhii Yemelianov (39s632). Completou o pódio o britânico Jonathan Young, que cumpriu a distância em 40s104.
Caio já havia sido segundo colocado também no VL3 200m, na última sexta-feira. O brasileiro registrou o tempo de 49s330, enquanto Young fez 48s769. O terceiro postou ficou com outro inglês, Martin Tweedie, que travou o cronômetro em 50s958.
Também na sexta-feira, Luis Carlos ficou com o terceiro lugar da KL1 200m. O piauiense registrou o tempo de 48s016, sendo superado apenas pelo italiano Esteban Farias (47s116) e pelo húngaro Robert Suba (47s438).
Luis havia aberto a participação brasileira na República Tcheca com a medalha de ouro no VL1 200m – a quarta seguida nesta disciplina.
Na última edição do Mundial, em Duisburgo, na Alemanha, o Brasil também havia conquistado quatro medalhas. Além do bronze de Luis Carlos Cardoso na KL1, seu ouro na VL1, o país ainda foi ao pódio com Aline Lopes, ouro no VL3 feminino, e Debora Benevides, prata no VL2 feminino.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro