Caeleb Dressel revive trajes tecnológicos para quebrar recorde de natação

4 meses ago 0

A superestrela americana Caeleb Dressel vestirá uma das peças de traje esportivo mais polêmicas da história ao tentar um audacioso recorde mundial em um dos agora banidos Speedo Fastskin LZR.

O múltiplo campeão e detentor de recorde mundial, vestirá a roupa tecnológica em 10 de dezembro, para tentar quebrar a barreira de 20 segundos para 50 metros de estilo livre na piscina de 25 metros.

Dressel já possui a marca de 50m de estilo livre de piscina curta, que fixou em 20,16 segundos durante o recente evento da International Swimming League em Budapeste. Agora ele quer ver o quão pode ir na polêmica relíquia tecnológica que viu recordes mundiais despencarem no final dos anos 2000 até serem proibidos em 2010 – embora nenhum novo tempo seja reconhecido oficialmente.

Tamanho era o domínio dos nadadores vestindo ternos que 94 por cento dos vencedores da medalha de ouro e 98 por cento de todos os medalhistas nas Olimpíadas de Pequim de 2008 usavam o LZR Racer, que acabou sendo proibido, junto com todos os ternos completos e restrições foram colocados em materiais e no comprimento dos trajes.

O traje LZR Racer era feito de 50 por cento de poliuretano e reduzia o arrasto na água em quase 40 por cento em comparação com a lycra tradicional. Ele também tinha mais flutuabilidade e maximizava os músculos por meio de compressão adicional.

Não tenho certeza do que esperar em termos de tempo, mas estou confiante de que posso fazer uma nadada bem executada e veremos o que acontece”, disse Dressel. “Eu era muito jovem para sentir o entusiasmo do LZR Racer, mas sinto que faço parte dele agora.

As super roupas foram polêmicas em várias frentes, em parte porque pareciam ser capazes de transformar atletas que poderiam ter sido os 10 melhores nadadores em recordistas mundiais quase da noite para o dia. Aqueles que não os usaram, ou uma versão de outra empresa, não tiveram chance de competir.

Portanto, é assustador pensar o que um nadador como Dressel, de 24 anos, possa ser capaz de alcançar. Ele tem indiscutivelmente a melhor saída de bloco e viradas que a natação já viu e seus 100 metros livres com o campeão olímpico da Austrália Kyle Chalmers em Tóquio no próximo ano será um dos confrontos do encontro.

Phil Lutton | The Sydney Morning Herald

O Projeto Nadando Pelos Cartões Postais tem como objetivo promover as águas abertas e contribuir na conscientização da população para importância de preservar o ambiente aquático.