Camila Lins Mello, nadadora minastenista, comemora bons resultados internacionais neste ano

4 anos ago 0

A nadadora minastenista Camila Lins Mello, de 17 anos, tem se firmado como um dos nomes da nova geração da natação no Brasil. Após o Sul-Americano Juvenil, na Colômbia, em abril, e o Mundial Júnior, nos Estados Unidos, em agosto, a atleta brilhou nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, no Chile, no início de outubro. Além das disputas internacionais, a jovem também participou do Troféu Maria Lenk e do Troféu José Finkel, com a equipe adulta do Minas. O ano da atleta ainda terá o Brasileiro Júnior e o Torneio Open, em dezembro.
No Sul-Americano Juvenil, Camila Mello bateu um recorde e faturou dez medalhas, sendo seis de ouro, três de prata e uma de bronze. No Mundial, foi finalista do revezamento 4x100m livre feminino e fez o melhor tempo da carreira na abertura da prova, com 55s40. Nos Jogos da Juventude, a atleta contribuiu para a campanha do time brasileiro ao bater um recorde de campeonato e conquistar sete medalhas, sendo quatro de ouro, duas de prata e uma de bronze. (Confira a lista completa ao fim da matéria)
Para a nadadora, o ano de 2017 representa um marco em sua carreira. “Está sendo um ano bem marcante para mim. É o meu primeiro ano de seleção brasileira, com competições pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) e pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro). Antes, só tinha ido pela seleção brasileira escolar. Espero disputar outras competições internacionais de alto nível daqui pra frente”, comemorou.

Dentre os campeonatos disputados, os Jogos Sul-Americanos da Juventude, o mais recente, ainda está na cabeça de Camila Lins. O evento, que tem formato parecido com uma edição dos Jogos Olímpicos, chamou a atenção da atleta. “Foi um campeonato bem diferente de tudo que eu já tinha visto. O Time Brasil nos deu grande suporte. O resultado foi muito bom, melhor do que eu esperava até. Foi importante para ganhar experiência e saber o que me espera futuramente. Tudo vale como aprendizado para tentar uma vaga nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020”.
Camila Lins Mello está no Minas desde 2013 e, atualmente, integra o time adulto minastenista, sob o comando do técnico Sérgio Marques.
Sul-Americano Juvenil – Colômbia
Ouro
200m medley – 2m19s36
4×100 livre feminino
4×100 medley misto
4×100 livre misto
4×200 livre feminino
4×100 medley feminino – recorde de campeonato
Prata
200m livre – 2m01s99
100m peito – 1m13s49
100m livre – 57s07
Bronze
50m peito – 33s44
Jogos Sul-Americanos da Juventude – Chile
Ouro
200m medley – 2m18s72 – recorde de campeonato
4x100m livre misto
4x100m livre feminino
4x100m medley misto
Prata
100m livre – 56s96
200m livre – 2m02s95
Bronze
100m peito – 1m13s41

Por Débora Sampaio / Fotos: Orlando Bento/MTC