Comitê Paraolímpico Internacional publicou o seu Relatório Anual de 2017

2 anos ago 0

O relatório pode ser encontrado em: https://www.paralympic.org/news/ipc-publishes-2017-annual-report

Cobrindo 90 páginas, o relatório acompanha o progresso feito pelo IPC durante 2017 no cumprimento dos seis objetivos estratégicos que fazem parte do Plano Estratégico 2015-2018 IPC.
O relatório também aborda o trabalho realizado pelos 10 esportes Pará para o qual o IPC atua como a federação internacional.

Principais 2017 destaques incluem:
• Eleição pela Assembléia Geral do IPC de um novo Presidente e Conselho de Administração
• Staging o primeiro atleta Fórum IPC e a entrega de várias oficinas paraolímpicas.
• Toyota se tornou a primeiro parceira do IPC Worldwide para apoiar cada Comitê Paralímpico Nacional
• atividades digitais atingindo cerca de 1 bilhão de pessoas
• Ganhar o prêmio Lui Che Woo, em reconhecimento do trabalho do IPC
• entrega bem sucedida de nove Paraworld Esporte Championships, incluindo cobertura global recorde para Londres 2017
• O lançamento do programa de educação I’m POSSIBLE da Fundação Agitos

Andrew Parsons, presidente do IPC, disse: “O ano de 2017 marcou uma nova era para o Movimento Paraolímpico com Sir Philip Craven deixando o cargo de presidente após 16 anos em circulação.

“Convinha, portanto, em seus últimos meses de que o IPC foi homenageado com o prestigioso Prêmio Lui Che Woo – reconhecimento global do trabalho do Movimento Paraolímpico em transformar vidas, cidades e sociedades.

O futuro para o Movimento Paraolímpico é extremamente promissor e chave para o crescimento contínuo do IPC é a construção de parcerias mais fortes com as principais partes interessadas, tais como o COI e parceiros comerciais.

Em 2017 o IPC duplicou o seu investimento em compromissos de adesão e os projectos de desenvolvimento NPC para mais de 2 milhões de euros, graças ao investimento recorde de parceiros comerciais e de transmissão. Este investimento, juntamente com o trabalho de desenvolvimento da Fundação Agitos, está ajudando a fortalecer a associação IPC em todos os níveis.

O IPC e da Fundação Agitos fizeram grandes progressos em termos de educar a próxima geração. Várias oficinas paraolímpicas foram realizadas em vários eventos importantes e I’mPOSSIBLE, iniciativa de educação da Fundação Agitos visando escolas, foi lançado a nível mundial.

Classificação do atleta é fundamental para a concorrência leal no esporte Paralímpico e a publicação da Classificação de Regras modelos e boas práticas na Classificação Nacional, juntamente com a Pesquisa Internacional de Compliance Federação Atleta Classificação, vai de alguma forma para melhorar os padrões em todos os esportes.

Daqui para frente, devemos cumprir o potencial inexplorado dentro do Movimento Paraolímpico, fazer cada um de nossos membros mais fortes e reforçar a ética do trabalho e da cultura que tem visto o esporte Paralímpico desfrutar de um crescimento sem precedentes e fez o IPC um dos órgãos de governo internacionais mais respeitados em esporte mundial.”

Durante 2017, as receitas e despesas do IPC subiu para perto de 22 milhões de euros. O IPC tem investido significativamente em segurança cibernética e serviços de TI, enquanto houve também um aumento dos custos legais associados com suspensão do Comitê Paraolímpico russo.

Trinta e um projetos de desenvolvimento beneficiaram quinta edição do Programa de Apoio Grant Foundation Agitos, elevando o total de gastos com a iniciativa que beneficia membros do IPC para 3,2 milhões de euros desde 2013.

Como parte de seus esforços de sustentabilidade, o Relatório Anual IPC 2017 só serão publicados online.

Craig Spence, IPC Chief Marketing and Communications Officer

The International Paralympic Committee has published its 2017 Annual Report

The report can be found at: https://www.paralympic.org/news/ipc-publishes-2017-annual-report

Covering 90 pages, the report tracks the progress made by the IPC during 2017 in meeting the six strategic goals which form part of the IPC Strategic Plan 2015-2018. The report also covers the work undertaken by the 10 Para sports for which the IPC acts as the international federation.

Key 2017 highlights include:
• Election by the IPC General Assembly of a new President and Governing Board
• Staging the first IPC Athlete Forum and the delivery of multiple Proud Paralympian workshops
• Toyota becoming the first IPC Worldwide Partner to support every National Paralympic Committee
• Digital activities reaching close to 1 billion people
• Winning the prestigious Lui Che Woo Prize in recognition of the IPC’s work
• Successful delivery of nine World Para Sport Championships, including record global coverage for London 2017
• The launch of the Agitos Foundation’s I’mPOSSIBLE education programme

Andrew Parsons, IPC President, said: “The year 2017 marked a new era for the Paralympic Movement with Sir Philip Craven stepping down as President following 16 outstanding years.

“It was fitting therefore in his final months that the IPC was honoured with the prestigious Lui Che Woo Prize – global recognition of the Paralympic Movement’s work in transforming lives, cities and societies.

“The future for the Paralympic Movement is extremely promising and key to the IPC’s continued growth is building stronger partnerships with key stakeholders, such as the IOC and commercial partners.

“In 2017 the IPC doubled its investment in membership engagements and NPC development projects to more than EUR 2 million thanks to record investment from commercial and broadcast partners. This investment, coupled with the development work of the Agitos Foundation, is helping to strengthen the IPC membership at all levels.

“The IPC and the Agitos Foundation made great strides forward in terms of educating the next generation. Several Proud Paralympian workshops were held at various major events and I’mPOSSIBLE, the Agitos Foundation’s education initiative targeting schools, was launched globally.

“Athlete classification is fundamental to fair competition in Para sport and the publication of Classification Model Rules and a Model of Best Practice on National Classification, together with the International Federation Athlete Classification Compliance Survey, will go some way to improving standards across all sports.

“Going forward, we must fulfil the untapped potential within the Paralympic Movement, make each of our members even stronger and reinforce the work ethic and culture that has seen Para sport enjoy unprecedented growth and made the IPC one of the most respected international governing bodies in world sport.”

During 2017, the IPC’s revenues and expenditure rose to close to EUR 22 million. The IPC invested significantly in cyber security and IT services, while there was also an increase in legal costs associated with the Russian Paralympic Committee’s suspension.

Thirty-one development projects benefited from the fifth edition of the Agitos Foundation Grant Support Programme, bringing the total spending on the initiative which benefits IPC members to EUR 3.2 million since 2013.

The IPC’s workforce – covering core departments, World Para Sports and Agitos Foundation – grew from 89 to 101 full and part-time members of staff.

As part of its sustainability efforts, the IPC 2017 Annual Report will only be published online.

Craig Spence, IPC Chief Marketing and Communications Officer

Responsabilidade Social
O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.
Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana
A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.
Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.
O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Lar São Luis Guanella
O Lar Dom Guanella foi fundado em 1994 com o objetivo de acolher e prestar atendimento as pessoas idosas de ambos sexos e que se encontram em situação de vulnerabilidade. Sua capacidade atual é de 40 idosos.
O lar se mantém através da ajuda da comunidade e de pessoas, que realizam doações mensais, além de Instituições e Escolas através de festas como Natal e Páscoa. São aceitas doações diversas como alimentos, leite, material de higiene pessoal e fraldas.
O Lar São Luis Guanella é instituição filantrópica, cujo fundador é o italiano São Luís de Guanella, canonizado pelo papa Bento XVI em 23 de outubro de 2011, e funciona na Avenida Ary Tarragô 1281, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
Quem quiser colaborar com o Lar São Luis Guanella pode entrar em contato pelo telefone (51) 3372-6957 e pelo e-mail larsaoguanella@guanellianos.org.br
ou através da página no Facebook: https://www.facebook.com/larguanella/