Competidores de 11 países vão participar do World Para Swimming World Series em Berlim

4 dias ago 0

Competidores de 11 países vão participar do evento World Para Swimming World Series, em Berlim, que começou hoje. Depois que a World Series foi severamente afetada pela pandemia COVID-19, a capital alemã deve sediar a segunda e última etapa da competição.

Originalmente programado para junho, mas adiado devido à crise global de saúde. A ação será realizada com protocolos rígidos em vigor no Schwimm-und Sprunghalle no Europasportpark (SSE), considerado um dos pools de competição mais rápidos do mundo.

O local da competição está esgotado devido a restrições de viagens, mas 11 países estarão representados. Os anfitriões serão liderados pelas três campeãs mundiais – Elena Krawzow nos 100 metros peito feminino SB12, Taliso Engel nos 100m peito SB13 masculino e Verena Schott nos 100m costas feminino S6.

A Espanha viajou com uma equipe forte com 19 nadadores, incluindo as medalhas de ouro mundiais Jacobo Garrido, Nuria Marques e Teresa Perales. “Berlim é um evento que sempre gostei”, disse Marques. “Vamos ver como vai desta vez, porque vai ser diferente do que estamos acostumados. “Estamos todos ansiosos para competir novamente, pois a próxima temporada será muito importante.”

O campeão Paralímpico Rio 2016, Arnost Petracek, é o único representante da República Tcheca em Berlim, com nadadores do Brasil, Egito, França, Eslováquia e Suíça também programados para entrar na água. A competição está programada para acontecer até domingo (18 de outubro).

Melbourne, na Austrália, sediou a etapa de abertura da World Series 2020 em fevereiro, antes da temporada ser suspensa após o surto do COVID-19. Eventos na Itália, Brasil, Grã-Bretanha, Estados Unidos e Cingapura foram todos cancelados.

Por Nancy Gillen | Por Dentro dos Jogos

O campeão paralímpico Rio 2016, Arnost Petracek, representará a República Tcheca no evento da World Para Swimming World Series, em Berlim © Getty Images