Daiene, Etiene e Felipe Lima conquistam bronzes e Brasil termina Mundial de Hangzhou na China, no Top-10

2 anos ago 0

(Hangzhou, China, 16 de dezembro de 2018) Daiene Dias, Felipe Lima e Etiene Medeiros colocaram o Brasil no pódio neste domingo (15), último dia de Campeonato Mundial de Natação em piscina curta, que é realizado em Hangzhou, na China. O trio conquistou medalhas de bronze nos 100m borboleta, 50m peito e 50m livre, respectivamente. As medalhas de Etiene e Daiene foram as primeiras na história da Natação feminina em Mundiais em provas olímpicas. Com as conquistas deste último dia de torneio, o Brasil encerrou sua participação na competição na 9ª colocação no quadro de medalhas com dois ouros e seis bronzes.

Etiene Medeiros chegou à final dos 50m livre querendo deixar para trás os 50m e os 100m costas nos primeiros dias de competição. Com o terceiro melhor tempo da semifinal – que, inclusive, foi recorde sul-americano – de 23s82, a pernambucana caiu na água e não só baixou sua marca para 23s76, como conquistou mais uma medalha de bronze para o Brasil.
“Foi uma competição muito complicada, cheia de altos e baixos, então estou feliz de conseguir finalizá-la dessa forma. Foi uma prova difícil. Quando cheguei e vi o que tinha acontecido, quase não acreditei. Estou muito feliz”, falou a medalhista.


Nos 100m borboleta, Daiene Dias, que, assim como Etiene Medeiros, quebrou o recorde sul-americano da prova no último sábado – 56s40 – chegou a liderar a prova nos primeiros 50m, mas viu as americanas Kelsi Dahila e Kendyl Stewart tomarem a ponta. A brasileira, porém, não desistiu e manteve seu ritmo forte para garantir mais uma medalha para o Brasiil com o tempo de 56s31.
“Com certeza foi uma surpresa. Vim para cá querendo estar em uma final, mas, quando se tem uma raia, se tem uma chance. Fui atrás da minha e consegui. É uma grande vitória para a Natação feminina do Brasil”, falou Daiene.
Apenas com o oitavo tempo das eliminatórias, Felipe Lima melhorou seu desempenho para conquistar uma medalha no Mundial. Dos 26s01 da semifinal, o atleta da seleção brasileira nadou para 25s80 e garantiu mais uma medalha de bronze para o Brasil. João Gomes Júnior, também na final, obteve o sexto lugar, com o tempo de 26s02.

 

“Ontem, o meu objetivo era conseguir entrar na final e deu certo na raia 8, quase fiquei fora. Hoje vim para dar meu máximo e obtive minha melhor marca da vida. Estou muito feliz por conseguir essa medalha individual”, falou Lima.
O revezamento 4x100m medley garantiu uma vaga na final com o segundo melhor tempo das eliminatórias (3m26s86). Do time inicial, formado por: Guilherme Guido, Diego Prado, Nicholas Santos e Breno Correia, apenas Prado foi substituído. Ele deu lugar a Felipe Lima. Na disputa por medalha, o Brasil terminou na quarta colocação com o tempo de 3m22s00.

Confira o desempenho dos brasileiros neste último dia de competição
50m livre feminino
Etiene Medeiros – bronze – 23s76

100m borboleta feminino
Daiene Dias – bronze – 56s31

50m peito
Felipe Lima – bronze – 25s80
João Gomes Júnior – 6º – 26s02

Revezamento 4x100m medley masculino
Brasil – 4º – 3m22s00

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)
Departamento de Comunicação – CBDA
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.
Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana
A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.
Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.
O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos
O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.
Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial