Equipe brasileira de nado artístico se despede do Pan de Lima 2019

8 meses ago 0

Em uma apresentação pulsante, Brasil exaltou a tradição e os costumes dos povos indígenas

Com o tema de povos indígenas, a Seleção Brasileira de nado artístico se despediu dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em quarto lugar, com 161.29 pontos. O Brasil fez uma apresentação próxima à cultura peruana, com música pulsante, para marcar os movimentos dentro d’água. A final contou com oito países. A medalha de ouro ficou com o Canadá, com 179.67 pontos, a prata com o México, com 175.12, e o bronze com os Estados Unidos, com 170.81.
No nado artístico, o pódio é garantido com a somatória de pontos das rotinas técnicas e livres. A parte técnica foi apresentada na última segunda-feira (29). Na ocasião, as brasileiras terminaram também em quarto lugar, com Canadá, México e Estados Unidos nas primeiras colocações.

Equipe do Brasil na final do nado artístico dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Centro Aquático Videna, em Lima, Peru. Data: 31.07.2019. Crédito obrigatório: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

“É claro que a gente queria estar no pódio. Trabalhamos muito para isso. A gente sabia que poderia não acontecer. Temos que continuar trabalhando duro para nos próximos Jogos Pan-Americanos voltar para casa com a medalha para o Brasil”, disse Lorena Molinos.
O Brasil entrou na água com Anna Veloso, Gabriela Abrantes, Giovana Stephan, Laura Miccuci, Lorena Molinos, Luisa Borges, Maria Bruno, Julia Soares, Maria Muccuci.

Equipe do Brasil na final do nado artístico dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Centro Aquático Videna, em Lima, Peru. Data: 31.07.2019. Crédito obrigatório: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

O Pan era a principal competição das brasileiras em 2019, com peso e foco maior que o Mundial disputado recentemente em Gwangju, na Coreia do Sul. Lá, o Brasil terminou em oitavo. “O ponto positivo da nossa equipe é que a gente conseguiu crescer bastante. Foi uma equipe com quatro pessoas novas, a gente conseguiu amadurecer muito no tempo de treinando”, acrescentou a atleta.
No Pan, a equipe contou com nove atletas, das quais oito recebem o apoio financeiro do programa Bolsa Atleta da secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Com o quarto lugar o Brasil terminou sua participação no evento.

Equipe do Brasil na final do nado artístico dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Centro Aquático Videna, em Lima, Peru. Data: 31.07.2019. Crédito obrigatório: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Quarto no dueto
Na manhã desta quarta-feira (31.07), o dueto brasileiro formado por Luisa Borges e Laura Miccuci também terminou a prova do nado artístico em quarto lugar. “Realmente foi uma superação. Treinamos pouco, mas conseguimos nadar bem na apresentação. Continuamos com o nosso mesmo resultado da última vez, sempre buscando chegar perto dos Estados Unidos no terceiro lugar”, explicou Luisa Borges. As duas nadadoras recebem o apoio financeiro do programa Bolsa Atleta da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

Equipe do Brasil na final do nado artístico dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Local: Centro Aquático Videna, em Lima, Peru. Data: 31.07.2019. Crédito obrigatório: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Nesta edição, o título Pan-Americano garantiu vaga direta para o país nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A medalha de ouro e a vaga ficaram com a dupla do Canadá, Claudia Holzner e Jacqueline Simoneau, ao somar 180.03 pontos nas rotinas técnicas e livre. A medalha de prata foi para o México, Núria Diosdado e Joana Jimezez, com 174.36, e os Estados Unidos completaram o pódio com 170.66 pontos, com Anita Alvarez e Ruby Remati.
As brasileiras chegaram a Lima depois de representar o país durante o Mundial de Esportes Aquáticos, disputados na Coreia do Sul. Além do cansaço físico pelo longo deslocamento, as nadadoras tiveram que superar o entrosamento, pois Laura Miccuci substituiu Maria Clara Lobo há duas semanas, após a atleta atestar positivo no controle de dopagem.

Em Lima, as brasileiras entraram na água com o tema de Bruxa. Foi a segunda participação de Luisa em Jogos Pan-Americanos. “Para cada edição de Jogos é uma história diferente. Conseguimos transmitir a nossa energia dentro da piscina. Aqui, conseguimos passar bem a mensagem para o público e para os árbitros”, completou.
Já Laura comemorou a primeira participação em Jogos. “Esse foi o meu primeiro Jogos Pan-Americanos e achei muito bom. Chegar e representar o Brasil, não só em equipe, mas no dueto também foi um sonho”.
Breno Barros, de Lima, no Peru – rededoesporte.gov.br
Foto: Abelardo Mendes Jr./rededoesporte.gov.br

O Portal Francisswim.com.br é uma empresa de notícias/mídia sobre esportes aquáticos que abrange natação competitiva, mergulho, polo aquático, nado sincronizado e águas abertas. O Portal Francisswim foi lançado em janeiro de 2018 e rapidamente se tornou o site de natação, na língua portuguesa, mais acessado no mundo.

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.

Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana

A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.

Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.

O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.

Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial