Equipe Paralímpica Brasileira no segundo dia do Mundial de Natação Londres 2019

4 dias ago 0

Segundo dia de competição em Londres contou com a participação de nadadores brasileiros em cinco finais. Onze atletas do país competem nesta quarta-feira, 11

A equipe brasileira do revezamento 4x50m medley misto 20 pontos terminou na quarta colocação, no segundo dia de competições no Mundial de natação, nesta terça-feira, 10. O evento acontece desde a segunda-feira, 9, com a participação de mais de 650 atletas de 80 países, e vai até o domingo, 15.

10.09.2019 – Mundial de Paranatação de Londres 2019 – LAYLA SUZIGAN – Foto: Ale Cabral/CPB
10.09.2019 – Mundial de Paranatação de Londres 2019 – LAYLA SUZIGAN – Foto: Ale Cabral/CPB

Após dois dias de competição, o Brasil ocupa o oitavo lugar no quadro de medalhas, com dois ouros, duas pratas e um bronze. Todos os pódios foram alcançados na segunda-feira, primeiro dia de provas. A Itália está em primeiro, com sete ouros entre as 17 medalhas, seguida da Grã-Bretanha e da Rússia, ambas com seis ouros cada. Nesta quarta-feira, 11 brasileiros buscam medalhas, a partir das 6h (de Brasília). 

O Brasil é representado por 27 competidores, que nesta terça-feira disputaram cinco finais, quatro das quais individuais. O melhor resultado foi no revezamento 4x50m medley 20 pontos (soma da classificação funcional dos integrantes), com a quinta colocação. A equipe brasileira foi composta por Daniel Dias (costas), Roberto Alcalde (peito), Esthefany Rodrigues (borboleta) e Joana Neves (livre), e concluiu com o tempo de 2min46s41, uma melhora de quatro segundos em relação ao tempo da eliminatória. Os chineses foram os campeões, com 2min32s59 (recorde mundial), seguidos de italianos (2min40s92) e Ucrânia (2min41s20). A Rússia terminou em quarto (2min42s12).

10.09.2019 – Mundial de Paranatação de Londres 2019 – SUSANA SHNARNDORF – Foto: Ale Cabral/CPB
10.09.2019 – Mundial de Paranatação de Londres 2019 – ANA KAROLINA SOARES – Foto: Ale Cabral/CPB

No início da tarde, nas finais individuais, o catarinense Talisson Glock, a potiguar Joana Neves, a mineira Laila Suzigan e o carioca Caio Oliveira não chegaram ao pódio.

Caio ficou em 8º lugar nos 100m costas da classe S8, com o tempo de 1min13s68. O ouro ficou com o americano Robert Griswold (1min03s47). “Participei desta prova mais para quebrar o gelo da competição, e eu queria ter nadado em 1min12. Vou voltar a treinar amanhã [quarta-feira, 11] os 400m livre, que é minha principal prova e disputarei na quinta-feira”, disse o atleta do Rio de Janeiro, que tem o quinto melhor tempo do mundo nesta temporada nos 400m livre de sua classe.

A mineira Laila Suzigan estreou no Mundial de Londres nos 100m livre da classe S6. Foi a sexta colocada com 1min18s14, quase dois segundos a menos do tempo das eliminatórias, pela manhã. A campeã da prova foi a chinesa Yuyan Jiang (1min12s53).

“De manhã foi tenso, estou feliz porque baixei meu tempo, poderia ter baixado mais, estou aliviada, parece que tirei um peso das costas. É muito difícil manter a cabeça focada em um objetivo com esse tanto tempo fora de casa, mas está dando tudo certo”, disse a atleta que ganhou sete medalhas, sendo dois ouros, nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, encerrados há 10 dias.

A versão masculina dos 100m da S6 terminou com o catarinense Talisson Glock no quinto lugar, com 1min08s52. Esta marca foi mais lenta do que a que alcançou na eliminatória pela manhã (1min08s35), quando registrou o melhor tempo da vida na prova. O colombiano Nelson Crispin saiu-se vitorioso nesta disputa, ao bater na borda em primeiro lugar com 1min04s91. “Gostei da prova, não é minha especialidade, nadei contra os melhores. Já tinha feito meu melhor no Parapan, depois melhorei hoje pela manhã, achei que poderia nadar para 1min07 mas no final pegou muito, a prova foi muito forte, galera que foi pro pódio fechou em 1min04”, comentou.

Joana Neves nadou os 200m livre (S5) antes do revezamento e foi a sétima colocada na final, com 3min16s32. A campeã foi a britânica Tully Kearney (2min46s92). Em dois dias de competição a potiguar nadou três provas. Além das duas desta terça-feira, ela subiu ao pódio no primeiro dia de Mundial, com o bronze nos 50m livre.

10.09.2019 – Mundial de Paranatação de Londres 2019 – JOANA NEVES – Foto: Ale Cabral/CPB

Resultados dos brasileiros nesta terça-feira, 10:

Joana Neves – 7º lugar nos 200m livre (S5)
Caio Oliveira – 8º lugar nos 100m costas (S8)
Laila Suzigan – 6º lugar nos 100m livre (S6)
Talisson Glock – 5º lugar nos 100m livre (S6)
Revezamento misto 4x50m medley 20 pontos (Daniel Dias, Esthefany Rodrigues, Roberto Alcalde e Joana Neves) – 5º lugar

Programação das eliminatórias desta quarta-feira, 11, no horário de Brasília

6h06 – Gabriel Cristiano (S8): 100m borboleta

6h13 – Cecilia Araújo (S8): 100m borboleta

6h21 – Talisson Glock (S6): 200m medley

6h21 – Roberto Alcalde (SM6): 200m medley

6h53 – Beatriz Carneiro e Débora Carneiro (SB14): 100m peito

7h09 – Susana Schnarndorf (SM4): 150m medley

7h29 – Lucilene Sousa e Maria Carolina Santiago (S12): 50m livre

7h31 – Guilherme Silva e Carlos Farrenberg (S13): 100m livre

8h44 – Revezamento misto 4x50m livre 20 pontos

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro

O Portal Francisswim.com.br é uma empresa de notícias/mídia sobre esportes aquáticos que abrange natação competitiva, mergulho, polo aquático, nado sincronizado e águas abertas. O Portal Francisswim foi lançado em janeiro de 2018 e rapidamente se tornou o site de natação, na língua portuguesa, mais acessado no mundo.

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.

Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana

A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.

Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.

O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.

Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial