ESCÓCIA – Nadadores de elite da Universidade de Stirling voltam a competir

2 anos ago 0

No início de julho, nadadores de elite da Universidade de Stirling, na Escócia, voltaram a treinar. A equipe, que contém talentos como Duncan Scott, Aimee Willmott e Kathleen Dawson, voltou aos treinos desde 24 de agosto. Depois de apenas um mês, a primeira competição não oficial foi organizada.

Competindo pela manhã e à tarde, o versátil Duncan Scott deu início às provas de tempo com os 200m livres. As tomadas de tempo foram realizadas em piscina de 25 metros e Scott terminou em 1:41,94. Este é o terceiro tempo mais rápido de Duncan em sua carreira.

O atleta de 23 anos detém o recorde nacional britânico nas versões de longa e curta distância. O recorde foi estabelecido no Campeonato Europeu de 2019 com o tempo de 1: 40,92. No Campeonato Europeu de 2018 ele estabeleceu o recorde britânico com 1:41,42 que lhe rendeu a medalha de prata, chegando atrás do lituano Danas Rapsys.

À tarde nadou os 200 metros medley, fechando em 1:54,57. Um resultado três segundos a mais do que sua melhor marca pessoal de 1:51,85, obtido na final da International Swimming League (ISL), em Las Vegas.

Katie Shanahan, de 16 anos, impressionou nos 200 metros medley feminina. Shanahan terminou com o tempo em 2:11,88. Teria sido um recorde da categoria escocesa se tivesse sido alcançado em uma prova oficial.

Outra adolescente de dezesseis anos que se saiu muito bem foi Emma Russell. Nos 100m livres femininos, ela terminou em 54,69, seu melhor recorde pessoal. Mais uma vez, se fosse oficial, seria o novo recorde da categoria escocesa.

photo Ian MacNicol Natação Escocesa

FONTE SWIM SWAM ITÁLIA