FEDERICA PELLEGRINI: SE HOUVER OUTRO BLOQUEIO, VOU PARAR DE NADAR

4 meses ago 0

Federica Pellegrini chocou a todos na semana passada com seu anúncio no  Instagram. Por meio das conhecidas redes sociais, a campeão olímpica e mundial italianana comunicou a positividade ao coronavírus para mais de um milhão de seguidores. O teste foi realizado durante o protocolo estabelecido antes ida para Budapeste. Pellegrini, aliás, deveria ter disputado a segunda temporada da Liga Internacional de Natação.

Desde então, Federica tem atualizado seus seguidores diariamente por meio de um diário de quarentena virtual. Ontem ele deu entrevista ao jornal Il Fatto Quotidiano onde, além de contar como está vivendo esses dias, também falou sobre o  provável novo bloqueio.  

Com o aumento dos casos de infecção pelo coronavírus COVID-19 em todo o país, a hipótese de novas limitações e novos fechamentos ganha cada vez mais espaço. Piscinas, ginásios, estabelecimentos comerciais não essenciais, seriam os primeiros em que as próximas medidas se concentrariam. No momento, é enfatizado, essas são apenas hipóteses.

Na verdade, o Governo declarou que emitirá novas medidas após a obtenção dos dados de monitoramento semanais.

“SE NÃO HOUVER JOGOS, O QUE VOU FAZER?”

Em entrevista ao  Il Fatto expressa sua intenção de deixar a competição se houver outra medida para fechar as piscinas.

O cancelamento das próximas Olimpíadas de Tóquio é o que mais preocupa a campeã nascida em Veneza. Aos 32 anos, em agosto passado, a meta era disputar sua quinta Olimpíada. Se o evento for cancelado, não poderá esperar mais três anos.

FONTE SWIM SWAM ITÁLIA

Foto Rafael Domeyko Photography