FINA reforça atividades de desenvolvimento em meio à pandemia

10 meses ago 0

A FINA renovou o processo de inscrição para a edição de 2021 do Programa de Apoio  aos Esportes Aquáticos (OASP), uma iniciativa liderada pelo Presidente da FINA, Dr. Julio C. Maglione, que está em vigor desde 2018.

O objetivo desta iniciativa é permitir que as Federações Membros Nacionais da FINA desenvolvam, fortaleçam e aprimorem suas atividades em todas as formas, incluindo todas as Disciplinas Aquáticas, na busca de melhorar a organização e profissionalismo de suas operações e o nível esportivo de seus atletas.

Através deste programa, as Federações podem se beneficiar de um apoio financeiro (até 25.000USD por ano) para ajudá-las a realizar qualquer projeto que considerem adequado dentro de uma das 8 categorias propostas pela FINA:

  • construção, reforma ou manutenção de instalações;
    • compra ou aluguel de equipamentos de material esportivo;
    • taxas de administração;
    • recursos de tecnologia (site, ranking online, banco de dados);
    • suporte técnico;
    • preparação e treinamento de atletas, técnicos e oficiais;
    • encenação e participação em competições nacionais e continentais;
    • programas de identificação de talentos.

As Federações Membros Nacionais têm até 30 de novembro de 2020 para enviar sua inscrição, que será avaliada pelo Escritório da FINA e pelo Comitê de Desenvolvimento da FINA para aprovação.

Além disso, a FINA finalizou a preparação do Programa de Certificação de Técnicos de Natação Artística com o objetivo de proporcionar oportunidades de aprendizagem progressiva para todos os interessados ​​nesta área.

O programa é composto por uma parte online (teoria) e sessões presenciais. Está dividido em três níveis, onde todos os participantes podem aprender passo a passo e ser avaliados por especialistas da área.

Este programa foi desenvolvido em conjunto com: Instituto de Natação (GBR), Comitê de Técnicos de Natação Artística da FINA, Federação Espanhola, Federação Canadense, Federação dos EUA, Federação Sul-Africana e o TASC e estará disponível na plataforma de aprendizagem FINA.

O Projeto Nadando Pelos Cartões Postais tem como objetivo promover as águas abertas e contribuir na conscientização da população para importância de preservar o ambiente aquático.