Guia completo de equipamentos essenciais para salvamento aquático – Kpaloa

5 anos ago 0

Segundo um relatório feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2017, o número de mortes por afogamento alcança a lamentável marca de 360 mil a cada ano ao redor do globo, variando quanto a óbitos em rios, lagoas, piscinas e no mar.
Esse número só não é maior porque possuímos uma equipe extremamente preparada do Corpo de Bombeiros pronta pra qualquer ocasião de salvamento aquático. Além de técnicas e procedimentos específicos, eles contam com equipamentos essenciais que facilitam o processo e permitem que a operação seja efetuada com sucesso.
Confira no post de hoje a importância dos equipamentos no salvamento aquático e saiba quais são os mais utilizados, assim como suas características mais importantes!
A importância dos equipamentos no salvamento aquático
A equipe de salvamento aquático possui um árduo e difícil treinamento, voltado tanto para o desenvolvimento físico, quanto para o psicológico.
Salvar uma vida em uma correnteza, por exemplo, exige grande esforço e experiência em natação, além de concentração e pulso firme. No entanto, por mais rígido e preciso que seja o treinamento, muitas vezes isso não é o suficiente e coloca o salva-vidas em desvantagem dependendo da situação.
Nessas horas entram os equipamentos de salvamento. Versáteis e dinâmicos, eles são cruciais para diversos procedimentos e, na grande maioria dos casos, tornam-se determinantes para o sucesso da operação. Aliados à tecnologia, esses equipamentos e acessórios priorizam a alta qualidade, visando a segurança tanto da vítima, quanto do socorrista em ação.


Equipamentos essenciais e suas características
O Corpo de Bombeiros conta com uma gama enorme de equipamentos que são utilizados nas mais diversas ocasiões. Confira a seguir quais são as mais cruciais no dia a dia da equipe de salvamento e suas características mais importantes.

1. Nadadeiras Kpaloa
Nadadeiras, também chamadas de pé de pato, são indispensáveis em salvamentos aquáticos.
Para o uso no salvamento em superfície, as nadadeiras ideias são fabricadas em borracha vulcanizada, para ótimo ajuste ao pé e máximo desempenho. Além disso, devem ser tipo engate rápido, com calcanhar aberto, para maior mobilidade das articulações. Furos de escoamento de água e detritos na parte inferior da nadadeira também são importantes para um maior conforto e eficiência.

2. Boia Circular
Confeccionado em polietileno de alta resistência, as boias circulares possuem o interior preenchido com espumas rígidas de forma que sejam fáceis de manusear e não afundem em hipótese alguma.
São usados como a primeira linha de equipamentos de socorro, jogando-as às vítimas de afogamento para que elas as agarrem e se mantenham sobre a água.

3. Colete Salva-Vidas
O colete salva-vidas é outro item bastante comum e crucial nos salvamentos. Feito de materiais rígidos e que inflam, junto com a Boia Circular é um dos primeiros equipamentos a serem utilizados no procedimento.
Geralmente o salva-vidas vai até a vítima do afogamento e a auxilia a vestir o colete, impedindo que ela se afogue e possibilitando um resgate com maior chance de sucesso.

4. Flutuadores
Confeccionados em espuma microporosa de PVC, possui uma de suas extremidades com um mosquetão acoplado e na outra duas argolas que possibilitam o fechamento do salva-vidas em torno da vítima, igual um cinto.
Possui ainda uma corda de polietileno que será preso ao corpo do socorrista. Todo o sistema aguenta cerca de 120 Kg sem ceder, permitindo máxima segurança e eficácia.

5. Bote Inflável
Os botes infláveis podem apresentar características diferentes dependendo de cada situação. Assim, eles podem ter o casco mais rígido, usados em corredeiras (Rafting), ou misto.
São equipados com um motor de popa de fácil manutenção e possuem o convés aberto. Apresenta flutuabilidade, estabilidade, navegabilidade e manobrabilidade, fatores essenciais para o um resgate perfeito.
O salvamento aquático é uma prática que demanda muito preparo e técnicas. Mas mais que isso, depende também de muitos equipamentos que são essenciais no resgate das vítimas, maximizando a eficiência do processo e permitindo que muitas vidas sejam salvas com segurança e da forma mais confortável possível.

Fonte https://www.kpaloa.com