Hunt (GBR) and Iffland (AUS) win gold in Abu Dhabi FINA HIGH DIVING WORLD CUP 2018 / Hunt and Iffland levam ouro em Abu Dhabi

1 ano ago 0

Hunt (GBR) and Iffland (AUS) win gold in Abu Dhabi FINA HIGH DIVING WORLD CUP 2018

Gary Hunt (GBR) and Rhiannan Iffland (AUS) were the best at the 2018 FINA High Diving World Cup, organised on November 9-10 in Abu Dhabi (UAE). Hunt earned gold in 431.55 and obtained his third consecutive title in the competition, after previous successes in 2016 and 2017, also in the capital of the United Arab Emirates. Iffland finished the four-dive final in 322.95, getting her first win in the World Cup.

Gary Hunt, also the 2015 world champion, was second after the first day of competition, but performing flawlessly this Saturday – he never got marks under 9.0 from the judges – the British star managed to keep his main challengers at bay. The minor medals went to two newcomers in the high diving circuit, Romania’s Constantin Popovici (silver in 424.65) and to Ukraine’s Oleksiy Prygorov (bronze in 392.30).

The leader after the initial session, Mexico’s Jonathan Paredes, was not successful on the last day and concluded in seventh. Steve LoBue (USA), the world champion in 2017 in Budapest (HUN) was also not so inspired in Abu Dhabi and was only sixth. Alessandro De Rose (ITA), bronze medallist in the Magyar capital last year, could not do better than ninth. Between LoBue and the podium, Michal Navratil (CZE, silver at the Worlds) was fourth, while Kris Kolanus (POL) largely improved his 2017 ranking in the World Cup – from 12th, he was now fifth. Finally, Orlando Duque (COL), gold medallist in 2014 and 2015, got injured after the first dive and could not complete the event.

In the women’s category, Iffland upgraded her silver from 2017 – she had finished behind Adriana Jimenez, from Mexico, absent this year due to injury -, and presented four solid and very consistent dives throughout the competition. The silver (285.75) went to Lysanne Richard, from Canada, winner of the event in 2016, while the bronze (277.70) also went to a newcomer in the circuit, US Ellie Smart.

The 2018 FINA High Diving World Cup was a qualification event for the 2019 FINA World Championships in Gwangju (KOR), with the first 12 men and first eight women being automatically selected for the FINA showcase in Korea. The remaining places will be allocated at the 2019 edition of the World Cup.

Medallists in Abu Dhabi (UAE):

MEN
1. Gary Hunt (GBR), 431.55; 2. Constantin Popovici (ROU), 424.65; 3. Oleksiy Prygorov (UKR), 392.30

WOMEN
1. Rhiannan Iffland (AUS), 322.95; 2. Lysanne Richard (CAN), 285.75; 3. Eleanor Smart (USA), 277.70

Winners of the past World Cups:
2014 – Men: Orlando Duque (COL); Women: Rachelle Simpson (USA)
2015 – Men: Orlando Duque (COL); Women: Rachelle Simpson (USA)
2016 – Men: Gary Hunt (GBR); Women: Lysanne Richard (CAN)
2017 – Men: Gary Hunt (GBR); Women: Adriana Jimenez (MEX)
FINA COMMUNICATIONS DEPARTMENT
Fédération Internationale de Natation (FINA)

Gary Hunt (GBR) e Rhiannan Iffland (AUS) foram os melhores na Copa do Mundo FINA de Saltos 2018, que aconteceu dias 09-10 novembro em Abu Dhabi (EAU). Hunt ganhou o ouro fazendo 431,55 pontos e obteve seu terceiro título consecutivo na competição, depois de sucessos anteriores em 2016 e 2017, também na capital dos Emirados Árabes Unidos. Iffland terminou a final four-mergulho com 322,95 pontos, obtendo sua primeira vitória na Copa do Mundo.

Gary Hunt, ficou em segundo lugar após o primeiro dia de competição, mas saltou com perfeição no sábado superando seus adversários. As medalhas de prata e bronze foram para dois recém-chegados no circuito de mergulho, da Roménia veio Constantin Popovici (prata em 424,65) e da Ucrânia Oleksiy Prygorov (bronze em 392,30).

O líder após da sessão inicial, Jonathan Paredes do México, não foi bem sucedido no último dia e concluiu em sétimo. Steve LoBue (EUA), o campeão do mundo em 2017 em Budapeste (HUN) também não foi tão inspirado em Abu Dhabi e foi apenas em sexto. Alessandro De Rose (ITA), medalhista de bronze na capital Magyar no ano passado, não foi melhor do que o nono. Entre LoBue e o pódio, Michal Navratil (CZE, prata no Mundial) foi o quarto, enquanto Kris Kolanus (POL), em grande parte melhorou sua classificação 2017 na Copa do Mundo – de 12, ele era agora quinto. Finalmente, Orlando Duque (COL), medalhista de ouro em 2014 e 2015, ficou ferido após o primeiro mergulho e não pôde concluir o evento.

Na categoria feminina, Iffland, prata a partir de 2017 – ela terminou atrás Adriana Jimenez, do México, ausente este ano devido a lesão -, apresentou quatro mergulhos sólidos e muito consistentes durante toda a competição. A prata (285,75) foi para Lysanne Richard, do Canadá, vencedora do evento em 2016, enquanto o bronze (277,70) também foi para uma recém-chegada no circuito, a americana Ellie inteligente.

A Copa do Mundo Mergulho 2018 FINA foi um evento de qualificação para os Campeonatos Mundiais da FINA 2019 em Gwangju (KOR), com os primeiros 12 homens e primeiros oito mulheres sendo automaticamente selecionado para a mostra FINA na Coréia. Os lugares restantes serão alocados na edição de 2019 da Copa do Mundo.

Medalhistas em Abu Dhabi (EAU):

HOMENS
1. Gary Hunt (GBR), 431,55; 2. Constantin Popovici (ROU), 424,65; 3. Oleksiy Prygorov (UKR), 392,30

 

MULHERES
1. Rhiannan Iffland (AUS), 322,95; 2. Lysanne Richard (CAN), 285,75; 3. Eleanor inteligente (EUA), 277,70

 

Os vencedores das últimas Copas do Mundo:
2014 – Men: Orlando Duque (COL); Mulheres: Rachelle Simpson (EUA)
2015 – Men: Orlando Duque (COL); Mulheres: Rachelle Simpson (EUA)
2016 – Men: Gary Hunt (GBR); Mulheres: Lysanne Richard (CAN)
2017 – Men: Gary Hunt (GBR); Mulheres: Adriana Jimenez (MEX)

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.
Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana
A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.
Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.
O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos
O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.
Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial