JAPÃO – Cerimônia de abertura do Centro Aquático dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Tóquio 2021

2 anos ago 0

A nadadora japonêsa Rikako Ikee participou de um revezamento de demonstração quando o Centro Aquático para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio 2020 foi inaugurado hoje.

Ikee, seis vezes medalhista de ouro nos Jogos Asiáticos, se afastou da natação no ano passado quando revelou em fevereiro de 2019 que tinha leucemia linfática aguda.

A jovem de 20 anos foi a garota-propaganda de Tóquio 2020 até sua doença, mas agora está almejando os Jogos Olímpicos de Paris 2024 após sua recuperação. 

Ikee foi a âncora de um revezamento de 50 metros durante a grande Cerimônia de Abertura do Centro Aquático, com demonstrações de natação artística, mergulho e para-natação. 

O ministro dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, Seiko Hashimoto, e o prefeito de Koto, Takaaki Yamazaki, fizeram discursos, com a presença do governador de Tóquio Yuriko Koike. 

“Com isso, os locais que foram construídos especificamente para as Olimpíadas de Tóquio agora estão todos completos”, disse Koike.

“Fico animado só de pensar nos melhores atletas do Japão e do resto do mundo que farão um show aqui.”

Um seleto número de residentes de Tóquio fez um tour pelo local e teve a chance de assistir à cerimônia. 

Uma série de contra medidas do COVID-19, incluindo o distanciamento social, estiveram em operação durante o evento. 

O Tokyo 2020 Aquatics Center de ¥ 56,7 bilhões (£ 415 milhões / $ 542 milhões / € 456 milhões), servirá às competições de nado artístico, natação, mergulho nos Jogos olímpicos de Tóquio. 

A construção finalizada em março tem capacidade para 15 mil pessoas, e servirá de palco das provas de natação durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

Sua inauguração foi adiada devido à pandemia COVID-19, que também causou o adiamento de Tóquio 2020 para o próximo ano.

As Olimpíadas estão programadas para ocorrer de 23 de julho a 8 de agosto, antes dos Jogos Paralímpicos tomarem o centro do palco, entre 24 de agosto e 5 de setembro.

O Centro Aquático deverá realizar eventos de natação internacionais e nacionais após os Jogos.

FOTO © Getty Images