Lenda da natação paralímpica brasileira Daniel Dias acredita que a Paralimpíada de Tóquio será especial

1 ano ago 0

A lenda da natação paraolímpica brasileira Daniel Dias acredita que os Jogos Paralímpicos de Tóquio ainda serão especiais, apesar dos Jogos terem sido adiados para o ano de 2021 por causa da crise do COVID-19.

O medalhista paraolímpico por 24 vezes voltou a treinar enquanto se prepara para tentar aumentar sua contagem na capital japonesa ano que vem.

Este será meu quarto Jogos Paralímpicos, por isso é muito especial em qualquer caso, disse o atleta de 32 anos ao Comitê Paralímpico Internacional. No entanto, o mundo inteiro está enfrentando uma situação difícil e espera-se que os Jogos ajudem a mostrar que a superamos. Para mim, os Jogos Paralímpicos são únicos e é uma sensação incrível fazer parte deles. Como atleta, não devo estar muito animado, mas estou sim para o ano que vem. Sinto a mesma sensação de otimismo desta vez, também, como em todos os Jogos Paraolímpicos anteriores de que participei. Estou ansioso para o momento de bombear adrenalina novamente.

Dias nada nas classes S5, SB4 e SM5 e conquistou 14 medalhas de ouro paraolímpicas. Ele é o atleta paralímpico mais condecorado do Brasil e também possui 40 medalhas em campeonatos mundiais e 33 títulos nos Jogos Parapan-americanos.

Como outros atletas, Dias foi afetado pelos bloqueios do COVID-19 que o impediram de usar a piscina para treinar. Eu me senti como um peixe fora d’água, disse Dias, que nasceu com braços e pernas malformados. Tenho feito outros treinos, mas não era a principal coisa que podia fazer como nadador. Minha motivação é poder ficar cada vez melhor e mostrar que consigo ir mais longe, ter registros melhores.

Por Dan Palmer | Por Dentro dos Jogos

Foto O catorze vezes campeão paraolímpico do Brasil, Daniel Dias, ficou entre os medalhistas de ouro no segundo dia da etapa da World Para Swimming World Series em Sheffield © Getty Images