Nadador chinês Sun Yang tem pena de 8 anos por doping suspensa

9 meses ago 0

O nadador chinês e tricampeão olímpico Sun Yang conquistou uma grande vitória sete meses antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio, com o tribunal superior da Suíça revogando uma proibição por doping de oito anos.

O jovem de 29 anos, primeiro nadador chinês a ganhar o ouro olímpico, agora terá a chance de expor seu caso novamente em uma segunda audiência no Tribunal Arbitral do Esporte (CAS), com sede na cidade suíça de Lausanne, antes de os jogos olímpicos de Tóquio no próximo ano.

Ele agora está livre para competir até que seu caso seja ouvido novamente, o que significa que ele pode ter como objetivo defender seu título de 200m nos Jogos Olímpicos de 2021.

O nadador é acusado de destruir um frasco de sangue com um martelo quando coletores visitaram sua casa em setembro de 2018, durante um teste de doping surpresa fora de competição.

O Supremo Tribunal Federal Suíço disse em um comunicado na quinta-feira que “aprovou o pedido do nadador chinês Sun Yang para a revisão da sentença arbitral do Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) em Lausanne datado de 28 de fevereiro de 2020 com base no fundamento de parcialidade de um dos árbitros do CAS”. Os advogados da Sun haviam anteriormente acusado o presidente do painel do CAS, Franco Frattini, de preconceito e de divulgar tweets anti-China.

“A premiação do CAS fica de lado. O CAS terá que proferir uma nova sentença no caso de Sun Yang em uma composição diferente do painel”, disse o tribunal federal.

A proibição enviou ondas de choque pelo mundo esportivo da China, dada a estatura do recordista mundial de estilo livre de 1500m em sua terra natal e a severidade da punição foi recebida com descrença por seus fãs.

Sun, que tem 11 campeonatos mundiais em seu currículo e ganhou duas medalhas de ouro nas Olimpíadas de Londres em 2012 e uma no Rio de Janeiro em 2016, havia dito em fevereiro que lutaria contra a proibição até o fim e defendeu sua ação dizendo que os testadores de doping que foram para sua casa não eram qualificados.

“Deixe que mais pessoas saibam a verdade”, disse Sun. Eu acredito na minha inocência! Acredito na verdade e derrota da mentira!

Sun também cumpriu uma suspensão de doping de três meses em 2014 por tomar o estimulante trimetazidina, que ele disse ter tomado para tratar um problema cardíaco.

O nadador australiano Mack Horton e o nadador escocês Duncan Scott se recusaram a dividir o pódio com Sun no Campeonato Mundial na Coreia do Sul em 2019, chamando-o de traficante de drogas.

O advogado da Sun, Zhang Qihai, disse que vai abrir um processo contra um coletor de amostras que, segundo ele, usou provas falsas. O dia 28 de fevereiro de 2020 foi um dia sombrio, disse Zhang em um comunicado.

A Agência Mundial Antidopagem disse que a medida defende uma contestação contra o presidente do Painel do CAS e, como tal, não tem relação com o fundo do caso.

AFP

TRITV COM OS GAÚCHOS, PELO RIO GRANDE E O PROJETO NADANDO PELOS CARTÕES POSTAIS
Uma nadada pela conscientização ambiental
Márcio Weber nadou o percurso de 12 Km da Praia do Paquetá, em Canoas, até a Usina do Gasômetro na capital dos gaúchos, Porto Alegre.