Natação brasileira se despede do Parapan de Lima 2019 com 53 medalhas de ouro

3 meses ago 0

Delegação brasileira na modalidade contou com 40 atletas: 36 subiram no pódio pelo menos uma vez. Mais de 90% dos nadadores brasileiros em Lima são beneficiados pelo Bolsa Atleta
O Brasil se despediu da natação nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019 com a primeira posição no quadro de medalhas da modalidade. Foram 127 pódios conquistados na piscina do Complexo Aquático de Videna, na capital do Peru. A delegação brasileira somou 53 medalhas de ouro, quase o dobro do México, que garantiu 27 ouros e terminou em segundo lugar no quadro de medalhas. A Colômbia, com 25 ouros, ficou em terceiro.

A Seleção Brasileira de natação paralímpica foi a Lima com 40 atletas. Dentre eles, 36 nadadores (90%) são beneficiados pelo Programa Bolsa Atleta da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Dos 40 atletas brasileiros na natação, 36 subiram no pódio pelo menos uma vez. Das 127 medalhas conquistadas pelo Brasil, 116 (91,33%) foram faturadas por atletas apoiados pelo Bolsa Atleta.

“O Bolsa Atleta é o que mantém nossa cabeça tranquila. Eu só preciso pensar em natação, não preciso me preocupar com mais nada, só treinar”, disse Thomaz Matera, que conquistou uma medalha de ouro nos 50m livre S12 e mais três de prata nos 100m costas, borboleta e livre. “É de suma importância você ter um apoio como o Bolsa Atleta. A gente pode se dedicar 100% ao esporte e esta aqui no peito é a consequência disso, de se dedicar, treinar. Então é agradecer ao governo brasileiro por acreditar no esporte paralímpico”, completou Daniel Dias, que jamais perdeu uma prova em Parapans e somou seis medalhas de ouro em Lima.

Mas o recordista de medalhas no Parapan de 2019 foi outro nadador: Phelipe Rodrigues. Ele nadou oito provas e conquistou sete medalhas de ouro e uma de bronze. “Eu não tenho nem palavras para falar o quão feliz eu estou. Hoje eu estou mais feliz do que cansado. Poder participar de um Parapan e ganhar oito medalhas é uma alegria imensurável. Eu fico superfeliz por poder contribuir dessa forma para o Brasil”, disse Phelipe, que neste domingo já embarca para Londres, onde será realizado o Mundial de Natação Paralímpica.

Melhor campanha da história

Ainda tem mais um dia de Parapan, mas o Brasil já tem muitos motivos para comemorar. O país chegou neste sábado (31.08) a 299 medalhas conquistadas em Lima. São 120 de ouro, 97 de prata e 82 de bronze. A campanha já é a melhor do Brasil na história da competição, superando Toronto 2015, quando a delegação brasileira somou 257 medalhas, com 109 ouros.

Em Lima, o Brasil liderou o quadro de medalhas desde o primeiro dia de competições e agora soma mais que o dobro de medalhas de ouro do segundo colocado, os Estados Unidos. A delegação norte-americana conquistou até o momento 179 medalhas, sendo 57 de ouro, 59 de prata e 63 de bronze. O México é o terceiro colocado, com 55 ouros, 58 pratas e 45 bronzes, num total de 158. O Parapan se encerra neste domingo e ainda há competições de bocha, parabadminton e ciclismo de estrada.

Mateus Baeta, de Lima, Peru – rededoesporte.gov.br
Foto: Saulo

O Portal Francisswim.com.br é uma empresa de notícias/mídia sobre esportes aquáticos que abrange natação competitiva, mergulho, polo aquático, nado sincronizado e águas abertas. O Portal Francisswim foi lançado em janeiro de 2018 e rapidamente se tornou o site de natação, na língua portuguesa, mais acessado no mundo.

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.

Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana

A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.

Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.

O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.

Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial