Parlamento Europeu aprova proibição de plásticos descartáveis POR Vida Extra Expresso

7 meses ago 0

Alguns dos materiais de utilização única como talheres, copos, pratos, palhinhas (canudinhos) ou cotonetes, devem deixar de circular definitivamente em 2021.
Dia histórico em termos ambientais, ao ter saído do Parlamento Europeu uma aprovação – com 571 votos a favor, 53 contra e 34 abstenções – da proibição de plásticos que são descartados ao fim de uma utilização. Entre eles inclui-se material de alimentação (dos pratos aos talheres), que deve ser banido, juntamente com produtos de plásticos oxodegradáveis e recipientes para alimentos e bebidas de poliestireno expandido. A proibição da venda destes produtos na União Europeia deve entrar em vigor em 2021, segundo a proposta aprovada esta quarta-feira.
A preocupação com os oceanos, cada vez mais poluídos – estima-se mesmo que em 2050 haja mais plástico e microplástico nos mares do que peixes -, levou a este resultado, que Frédérique Ries, o eurodeputado responsável pela proposta, considerou “uma vitória para os nossos oceanos, para o ambiente e para as gerações futuras”.


Além dos mencionados, existem outros tipos de plásticos de utilização única, como caixas de sandes, saladas ou recipientes de frutas e legumes, sobre os quais “os Estados-Membros devem tomar as medidas necessárias”, no sentido de conseguir “uma redução ambiciosa e sustentada de pelo menos 25% até 2025”. Entre essas medidas está o incentivo à “utilização de produtos que se adequem a múltiplas utilizações e que possam ser preparados para reutilização e reciclados.” Também até 2025, os 28 Estados-Membros passam, segundo a proposta, a ficar obrigados a assegurar a reciclagem de, no mínimo, 90% das garrafas de plástico descartáveis e a reduzir para metade a circulação de produtos do tabaco que contêm plástico, como os filtros.

A harbor seal plays with a plastic bottle. Plastics are a growing problem for our oceans

Os produtores também serão responsabilizados: os dos filtros de tabaco ficarão obrigados a cobrir os custos da recolha de resíduos e os de redes e outros produtos de pesca devem contribuir para a reciclagem de pelo menos 15% do plástico que ali estiver contido.
A proposta foi aprovada, mas terá ainda de passar pelo Conselho da União Europeia, onde encontrará os representantes de cada governo, e só depois dará origem a legislação.

Fonte https://vidaextra.expresso.pt/vida/2018-10-24-Parlamento-Europeu-aprova-proibicao-de-plasticos-descartaveis?fbclid=IwAR0Q07TnfzfyJbjrzMzttpqHTe-2ZjLQSLHKXXwfOdxD74BipzncbCeMGz0

Responsabilidade Social
O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.
Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

 

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana
A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.
Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.
O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos
O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.
Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial