Parque Aquático Maria Lenk recebe o I Encontro Nacional de Treinadores de Polo Aquático

2 semanas ago 0

Evento contará com a presença de Rick Azevedo, Tony Azevedo e Maggie Steffens
O Parque Aquático Maria Lenk recebe, a partir desta quarta-feira (13), o I Encontro Nacional de Treinadores de Polo Aquático. A ação é fruto de uma parceria entre o Comitê Olímpico do Brasil e a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. O evento será realizado até o próximo sábado (16).
O evento contará com a presença do coordenador de seleções da CBDA, Ricardo Azevedo, o medalhista olímpico Tony Azevedo e a americana Maggie Steffens. O objetivo do evento é abordar temas diversos como: pedagogia esportiva, condicionamento físico, técnico e mental, nutrição, regras e interpretações, questões comportamentais, planejamento de treinos físicos e táticos. Além disso, serão apresentadas e debatidas questões gerais e planejamento a longo prazo da modalidade no Brasil.
O encontro também será aproveitado para o lançamento do Conselho Técnico Nacional de Polo Aquático e Programa de Arbitragem para 2019. Esta comissão terá o objetivo de discutir práticas e planejamento para o desenvolvimento da modalidade no Brasil em longo prazo.
Entre os principais temas que serão debatidos no Encontro está a Visão 2028 para o Alto Rendimento: o papel e a visão da CBDA e dos clubes, a vocação brasileira frente às escolas internacionais e como chegar ao pódio.
“Pretendo criar um padrão de ensinamento aos atletas que resulte em um crescimento padrão de fundamentos em todas as classes de idade”, diz Rick Azevedo, idealizador do Programa Olímpico de Desenvolvimento Esportivo Regional (PODER), que promove clínicas pelo país capacitando técnicos e fomentando Polo Aquático.
Ao todo, 85 técnicos estão inscritos para participar do evento. De acordo com o supervisor de Pólo Aquático da CBDA, João Santos, o Encontro marca o início de um nivelamento de ensinamentos da modalidade no Brasil.
“O Encontro Nacional de Técnicos dá início à implantação de um novo e contínuo processo de qualificação e certificação dos nossos técnicos de Polo Aquático. Por um lado, essa é uma boa prática internacional, e o Brasil não pode deixar de se atualizar. Por outro, notamos que existe um desnivelamento muito grande dos nossos treinadores. Conforme o Rick Azevedo vem reforçando desde o início de sua jornada no Brasil, o desenvolvimento do Polo não se dá apenas pelo volume de atletas na base, mas também pela existência de um programa de ensino minimamente nivelado e adequado às melhores práticas. Isso não existe no Brasil ainda, cada treinador ensina ao seu modo. Esse Encontro pretende iniciar essa jornada”, falou.

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)
Departamento de Comunicação – CBDA
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais.
Social Responsability
The Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana
A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.
Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.
O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link: https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos
O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br.
Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial