PORTUGAL – Alto Rendimento na disciplina de Natação Pura reuniu no Jamor

2 semanas ago 0

O auditório do Complexo de Piscinas do Jamor recebeu este fim de semana a reunião de preparação da estrutura do Alto Rendimento Desportiva na disciplina de Natação Pura, onde marcaram também presença os treinadores que enquadram alguns dos nadadores de elite portugueses.

Na reunião ficaram definidas as linhas gerais do plano de Alto Rendimento para o ciclo 2022 2024, que será apresentado no inicio do próximo mês de dezembro.

A nova estrutura técnica é constituída por José Machado como Diretor Desportivo da Federação Portuguesa de Natação, função que acumula com o cargo de Diretor Técnico para a Natação Pura, Alberto Silva como Treinador para o Alto Rendimento, Igor Silveira assume a preparação física para o Alto Rendimento, Samie Elias com as funções relacionadas com a Biomecânica e como Treinador Assistente do Centro de Alto Rendimento do Jamor estará Felipe Falcoski.

Rui Escaleira mantem-se como Médico da Federação Portuguesa de Natação, assim como Daniel Moedas que continua como Fisioterapeuta nesta nova estrutura.

O Programa de Desenvolvimento Pré Júnior e Política Desportiva Nacional fica a cargo de Daniel Marinho. Rodrigo Batista

José Sacadura mantem-se como Diretor da Federação Portuguesa de Natação para o Centro de Formação de Alto Rendimento Desportivo de Rio Maior e Rodrigo Batista como Treinador.

No dia 4 de setembro, realizou-se uma reunião prévia dos elementos que constituem a estrutura onde foram apresentados os elementos e respetivas funções; apresentação dos objetivos para o novo ciclo; discussão do programa de Alto Rendimento; plano de intervenção de cada uma das áreas; plano de intervenção Médica e Fisioterapeuta; intervenção junto dos nadadores integrantes dos Centros de Alto Rendimento da FPN e dos restantes nadadores que possam participar em ações de preparação;  casos especiais de nadadores em PREPOL ou Esperanças Olímpicas, entre outros.

No dia seguinte, 5 de setembro, a reunião iniciou com uma apresentação para os técnicos que enquadraram atletas de alto rendimento na época passada, participantes nos Europeus Absolutos e de Juniores.

O Presidente da Federação Portuguesa de Natação, António José Silva, apresentou a estratégia para o novo ciclo Olímpico e abordou a necessidade de mudar o paradigma do Alto Rendimento desportivo na Natação Pura, que passaria a estar sob a orientação da nova equipa técnica multidisciplinar, sendo que a FPN apenas consideraria a possibilidade de apoiar outros programas de treino para nadadores enquadrados em PREPOL mediante a aprovação do Treinador Nacional.

A preparação para o Alto Rendimento será centralizada nos Centros de Treino da FPN (Jamor e Rio Maior) estando previsto, em termos nacionais, três variantes de apoio aos nadadores que cumpram os critérios de acesso às principais competições:

A – Nadadores enquadrados nos programas de preparação Olímpica – A preparação é apoiada pela FPN na exata medida do apoio concedido pelo COP à preparação. Valor a definir em função das verbas atribuída para o efeito. O plano deverá ser apresentado pelo treinador do nadador e aprovado pela direção técnica e pelo treinador responsável pelo AR – FPN – Alberto Silva

B – Nadadores não enquadrados pela PREPOL mas que tenham cumprido critério de acesso a competições internacionais ou nadadores integrados no programa de Esperanças Olímpicas. Podem integrar as Clinicas, as concentrações ou os estágios específicos de preparação programados pela FPN para a competição em referência cumprindo o programa definido pelo Treinador para o Alto Rendimento da FPN – Alberto Silva. Possibilidade de extensão do programa de acompanhamento da equipa multidisciplinar da FPN a estes nadadores desde que os treinadores decidam cumprir o programa de preparação definido pelo referido treinador e aplicado no CAR Jamor.

C – Palestras; Ações de formação temáticas; Acompanhamento da preparação dos nadadores CAR Jamor – Acesso por candidatura dos treinadores interessados com preferência para treinadores que enquadrem nadadores integrados nas diferentes seleções nacionais. Algumas das ações serão creditadas.

Foi ainda definido o critério de participação no campeonato Mundial de Piscina Curta a disputar entre 16 e 21 de dezembro em Abu Dhabi.

Prova de seleção – Meeting Algarve – 13 e 14 de Novembro

Nadadores pré selecionados – Nadadores que cumpriram o acesso definido pela FINA – Mínimo A – Participação obrigatória e realização de marca inferior ao mínimo B definido pela FINA-

Restantes nadadores – Critério de acesso cumprir mínimo A definido pela FINA.

Provas de Estafetas – Considera-se a possibilidade de participação de Estafetas – Máximo 3 – no mínimo 1 por género desde que haja 4 nadadores com marcas inferiores ao mínimo B da FINA para a competição. Caso haja mais estafetas nestas condições a preferência será dada às estafetas com resultado global que tenha melhor classificação com base no referencial dos resultados a última edição do Campeonato Mundial.

Após a apresentação do presidente, o Treinador Alberto Silva apresentou alguns dados sobre o seu percurso desportivo e sobre as ideias fundamentais relativas ao seu programa  de treino e foi dada a oportunidade aos presentes para colocarem questões.

FONTE FPN

 

Produtos de natação de qualidade é na Decathlon Portugal. Aqui você pode comprar artigos esportivos com o melhor custo benefício! Não deixe de conferir as ofertas para marcas exclusivas, pois elas te trazem produtos para você praticar mais de 65 esportes com a melhor qualidade. Temos os melhores preços em produtos e com design funcional para o esportista iniciante ao de alta performance. Saiba mais https://tinyurl.com/ezbud9v4