Saltos Ornamentais – Jack Laugher espera deixar Glasgow 2018 com uma medalha do ouro para a equipe britânica

2 anos ago 0

Jack Laugher finalizou o Europeu de Londres 2016 com uma medalha de ouro e outra de prata na mão. Agora, dois anos depois, ele espera deixar Glasgow 2018 com no mínimo uma medalha do ouro para a equipe britânica.
O saltador de 23 anos estará competindo nos eventos de 3m, 3m synchro e 1m na piscina do Royal Commonwealth, em Edimburgo, Jack tem o título europeu synchro ao lado de Chris Mears, e uma medalha de prata no individual de 3m.
Esta piscina traz boas lembranças para Laugher, pois foi onde ganhou seu primeiro título da Commonwealth em 2014.


Como um dos mergulhadores mais experientes da equipe – quase metade do plantel que aparece neste evento pela primeira vez – diz que se sente velho em comparação com alguns de seus companheiros, sem adicionar pressão extra para se apresentar.
Ele disse: “Eu me vejo como uma das pessoas mais velhas nesta equipe porque eu tenho feito isso por tanto tempo. Estou relativamente confiante em ir para os jogos europeus neste ano, já que tenho competido bem até agora e estou feliz com os meus mergulhos. É ótimo que haja tantos jovens entrando na equipe britânica, o que me deixa muito orgulhoso por fazer parte disso. É ótimo ver tanto talento para o time”.
“Ross Haslam sempre me diz quando eu faço um bom mergulho que adoraria ter o mesmo nível de sucesso que eu tive, mas ninguém apareceu na equipe e disse que eu os inspirei – isso me faria sentir estranho. E ainda mais velho”.


Após um ano marcado por uma lesão no tornozelo, 2018 foi positiva para Laugher, conquistando três medalhas de ouro nos Jogos da Commonwealth na Austrália, e um bronze individual e prata de sincronismo com a Mears na Copa do Mundo de Mergulho da FINA na China.
Ele acrescentou: “Fiquei extremamente feliz com a forma como os Commonwealths foram. Eu consegui melhorar em relação a 2014, é o que eu estou sempre procurando fazer.
“Foi uma competição difícil de lidar ao ar livre porque o céu era azul, a água era azul, apenas tornava tudo um pouco mais difícil.
“Então nós tivemos a Copa do Mundo, onde acabei mergulhando na competição com o Chris. Nós sempre temos um bate papo depois de cada evento, e quando Chris consegue um ótimo mergulho eu digo a ele, alguns dias ele não vai bem outros eu, mas nunca competimos um contra o outro.
O campeão olímpico acredita que seu companheiro de equipe na Inglaterra e em Leeds, e sua namorada, Lois Toulson, estão conseguindo adicionar um nível extra à sua competição.
“Mas agora eu apenas olho para Lois e isso me acalma e eu sei que vai ficar tudo bem. Ela entende o esporte melhor do que ninguém e eu às vezes luto para falar sobre isso com meu treinador Adam, ou Chris.

Jack estará saltando no trampolim de 1m na terça-feira, 7 de agosto, no individual de 3m na quinta-feira 9 e na sincronização Masculina 3 metros na sexta-feira 10.

Fonte e fotos  Gerência de Comunicações Natação Britânica

Clique nas imagens abaixo para ter acesso as ofertas: