Seleção Brasileira disputa Pan-Pacífico de Maratonas Aquáticas no Japão

2 anos ago 0

A seleção brasileira de maratonas aquáticas estreia, nesta segunda-feira (13) – no horário brasileiro – e nesta terça-feira (14) – no horário do Japão, no Campeonato Pan-Pacífico da modalidade, realizado, assim como na Natação, no Japão. Ana Marcela Cunha, Viviane Jungblut, Allan do Carmo e Victor Colonese formam o time brasileiro que encarará algumas das maiores potências do mundo.
A competição de maratonas aquáticas terá apenas a prova de 10 km, distância que é disputada nos Jogos Olímpicos. Os atletas chegaram ao Japão no início da última semana para aclimatação. Após o período na sede oferecida pelo COB em Sagamihara, os atletas do Brasil chegam a Tóquio para a disputa desta terça-feira.
“É uma competição importante no nosso calendário. O maior foco acaba sendo a Copa do Mundo, mas a gente se preparou para competir bem aqui. Toda competição é importante, independente se é etapa de Brasileiro, se é Copa do Mundo ou o Pan-Pacífico, nós temos que nadar bem e representar bem o Brasil”, disse Ana Marcela Cunha.
“A expectativa é boa. Estamos treinando muito forte nestes últimos dias, focados no que temos de fazer. O objetivo é chegar bem preparado psicologicamente e fisicamente para conquistar um bom resultado para o Brasil na competição”, falou Viviane Jungblut.
Um dos mais experientes atletas da seleção brasileira, Allan do Carmo valorizou a estrutura disponibilizada para aclimatação em Sagamihara. Ele acredita que o período certamente ajudará os atletas do Brasil a terem bons resultados no Pan-Pacífico.
“Fomos muito bem acolhidos pelo pessoal do COB e da CBDA, pelos voluntários e também a alimentação. A estrutura da piscina também é muito legal, estamos à vontade, parece que estamos em casa. A expectativa é que seja uma prova forte. Temos nomes muito importantes nessa prova, então vai ser bem disputado”, falou.


Depois de reestrear em competições internacionais em 2018 na última etapa da Copa do Mundo, Victor Colonese chega ao Japão confiante para a disputa do Pan-Pacífico.
“O trabalho feito pela CBDA com o COB foi excelente. Foi importantíssimo para que a gente chegue no dia da prova muito bem. Venho de um resultado que me agradou bastante na etapa do Canadá, então a minha expectativa é muito boa. Serão atletas duros, difíceis, mas tenho certeza que podemos ter bons resultados. Venho com um pouco mais de experiência depois de um tempo fora da Seleção”, explicou Colonese.
Ao todo, 31 (14 no masculino e 17 no feminino) atletas devem participar da competição. Apesar do número baixo de inscritos, a expectativa é que a prova seja uma das mais fortes do ano para os brasileiros.
“A prova, tecnicamente, está muito forte. Temos campeões Mundiais, Pan-Americanos, primeiros colocados em Copa do Mundo, então expectativa é que seja uma prova muito forte e um bom teste para os nossos atletas visando às etapas da Copa do Mundo. Eles treinaram muito bem, agora chegou a hora de colocar esse treino em prática”, relatou o supervisor de Maratonas Aquáticas da CBDA e chefe de equipe da seleção brasileira, Ricardo Ratto.

Departamento de Comunicação – CBDA
Foto: Divulgação/CBDA
JOÃO PAULO DE CASTRO
Assessoria de Imprensa