Seleção Portuguesa de Polo Aquático defronta Eslováquia no ‘play-off’ do Europeu Barcelona

2 anos ago 0

A seleção nacional de polo aquático masculina defronta sábado, dia 24 de fevereiro, a Eslováquia (15.00) em Santa Maria de Lamas no primeiro jogo do ‘play-off’ do Europeu de Barcelona 2018. A segunda partida do play-off realiza-se em Kosice na Eslováquia a 3 de março.
No Europeu de Barcelona, que decorre de 14 a 28 de julho de 2018, estarão 16 países distribuídos por 4 grupos de 4 equipas. Pela primeira vez Portugal ocupa um lugar no ‘ranking’ Europeu que lhe permite aspirar legitimamente a um desses 16 lugares da elite do polo aquático.

Fernando Leite, selecionador nacional masculinos faz a avaliação e antevisão do jogo frente à Eslováquia: “Estamos focados em nós enquanto equipa, melhorando nos aspetos que conseguimos controlar.”
Para o selecionador nacional “o público vai ter um papel fundamental. Será um fator complementar e determinante para a nossa vontade. Para quem está envolvido nesta luta é muito importante sentir o apoio da família do polo aquático. Vai ser importante sentir a claque da Seleção em que o incentivo e apoio serão o nosso combustível, temos de intimidar os Eslovacos com o nosso hino”.

Quanto à Eslováquia, o técnico assume: “é um adversário de grau de dificuldade muito elevado. Basta ver o historial da equipa para perceber o patamar em que estão. Vários jogadores a jogarem nos campeonatos mais importantes da Europa. Uma localização geográfica que lhes permite jogar regularmente com outras seleções.”
A estratégia passa por conseguir uma “maior intensidade” de jogo. “Para isso temos de nadar mais para conseguirmos chegar as situações defensivas e ofensivas com maior discernimento para que a tomada de decisão seja a melhor. Uma boa eficácia nas superioridades e inferioridade é fundamental. As nossas transições devem ser o mais eficazes possível, tentando sempre contra-ataques desde o ‘um para zero’ até aos ‘seis para cinco’ e defensivamente evitar contra-ataques. A entreajuda é muito importante.

Em conclusão, Fernando Leite atira: “Para sermos felizes teremos que estar no nosso melhor e isso consegue-se com trabalho diário. Em jogos de ‘play-off’ não existe margem de erro. Desde o primeiro momento de jogo que o foco deve ser máximo. Queremos muito o apuramento e sente-se que o grupo de trabalho está empenhado no objetivo. Estes jogadores merecem todo o carinho e atenção pois atitude deles é muito grande. Domingo dia 18 em Lamas continuamos os treinos.”

Histórico de Portugal com a Eslováquia 2013 (2-16) 2015 (6-15).
No seguimento do Plano de Alto Rendimento e Seleções Nacionais de Pólo Aquático 2018, estão selecionados os seguintes jogadores:
João Pedro Leite, CFP; Ricardo Pedro Sousa, CNPO; João Pedro Silva, SSCMP; Rui Batalha Moreira, FREM (DEN); Maxim Secrieru, FREM (DEN); Rui Manuel Ramos, CNPO; Miguel Mariani Rodrigues, CNPO; Salvador Jorge Lopes, CFP; Mykola Yanochko, CNPO; Tiago Almeida Parati, CFP; Pedro Ferreira Sousa, CFP; Tiago Graça Costa, CNPO; Ricardo Mota Teixeira, SSCMP.

QUADRO TÉCNICO E STAFF:
Fernando Leite, Selecionador
Ana Silva, Treinadora Assistente
Rui Ferraz, Treinador Assistente
Ricardo Monteiro, Team Manager.

Mais informação:
http://www.microplustiming.com/lenec2018Q/index_web.php?cal=1

 

Gabinete de Comunicação e Marketing da FPN www.fpnatacao.pt