Treinador pernambucano de natação é convidado para atuar em Almada em Portugal

4 anos ago 0

Gustavo Fortuna que já auxiliou treinos de Etiene Medeiros e atuou com Nikita, foi convidado após desempenho na Copa Pacífico de Natação

As braçadas na piscina tem cativado não só adeptos do país, mas também tem despertado o olhar de quem é de fora. Assim como atletas pernambucanos que ganham destaque internacional, como Etiene Medeiros em sua conquista do ouro inédito no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, treinadores do estado estão também tendo essa oportunidade. É o caso do técnico Gustavo Fortuna, 31 anos, convidado para atuar como treinador principal da União Piedense, em Portugal, na cidade de Almada.

Fortuna se despede da sua própria equipe que atuou por mais de dois anos, a GF WSIM/ Clube Náutico Capibaribe. Em sua primeira experiência em outro país, o treinador falou sobre o que vai levar como bagagem profissional do Recife para o país português. “Vou levar tudo que conheço de referência da minha cidade. Como Nikita que me ajudou muito profissionalmente. Ele foi o único que teve atletas de Recife em Olimpíadas. Eu levo também o carisma de todos e a força de vontade que todo brasileiro tem, apesar das dificuldades do nosso país”, comentou Fortuna.

O convite para ser o treinador oficial da União Piedense surgiu após seu desempenho na Copa Pacífico de Natação, que aconteceu no começo de agosto, em Sucre, na Bolívia. Convocado para ser o técnico da seleção brasileira e ter a atleta da sua equipe GF SWIM, Luisa Sial, entre as escolhidas para integrar a equipe canarinha, Gustavo contou como ficou sabendo desse interesse da equipe portuguesa e como surgiu esse contato.

“Quando fui convocado (Copa Pacífico) pediram meu currículo. Então, devem ter observado meu desempenho na Bolívia. Primeiro fizeram contato com Alexandre Pussieldi, jornalista especializado em natação que também é comentarista no canal Sportv. Pediram referências de técnicos do Brasil e ele me indicou. Perguntaram se eu tinha interesse de sair do país. Quando Alexandre conversou comigo, eu disse que iria escutar a proposta para me posicionar a respeito. Assim que cheguei de viagem (Bolívia), eles (União Piedense) falaram comigo e fui convocado oficialmente. O contrato é de um ano, mas com possibilidade de renovação”, explicou.

CARREIRA

Gustavo Fortuna começou sua carreira nas categorias de base e foi assistente técnico na equipe de alto rendimento de Nikita, tendo a oportunidade de auxiliar nos trabalhos de atletas, como Etiene Medeiros, nos anos 2011 e 2012. O técnico aponta que essa experiência foi importante para sua formação e que desde o começo da carreira da nadadora pernambucana, sentia que ela alcançaria pódios nacionais e internacionais.

“Foi um privilégio. Etiene sempre ganhou as competições de nível regional no começo da carreira. A gente teve todo um trabalho para ela conseguir chegar no mais alto patamar da natação. Nikita sempre dizia que ela era um atleta de futuro e que iria sair de Recife para alcançar outros horizontes. Ele estava certo”, comentou.

Após fundar sua própria equipe, a GF SWIM/Clube Náutico Capibaribe, foi campeão da região Norte-nordeste do Brasil por duas vezes, tendo seis atletas campeões nacionais e outros seis convocados para seleção brasileira para Pan Americanos, Multinations e Copa Pacífico, além de duas convocações em 2016 e este ano para a seleção brasileira da Copa Pacífico de Natação.

Fonte http://www.pe.superesportes.com.br/app/noticias/mais-esportes/2017/08/29/noticia_maisesportes,49212/treinador-pernambucano-de-natacao-e-convidado-para-atuar-em-portugal.shtml
Foto “Vou levar tudo que conheço de referência da minha cidade, como Nikita”, comentou Gustavo Fortuna
Por Sabbahana Cavalcanti /Especial para o Diario