Troféu Brasil de natação vai começar no Parque Aquático Maria Lenk

5 meses ago 0

A competição mais importante da natação do Brasil vai começar. A partir da próxima terça-feira (13), os maiores nomes da modalidade no país estarão no Parque Aquático Maria Lenk para a disputa do Troféu Brasil – Maria Lenk – Taça Correios. O torneio reunirá 328 atletas e 38 clubes em seus cinco dias de disputa.
Mais importante do calendário da natação, o Troféu Brasil – Maria Lenk terá um peso grande tanto para os nadadores da categoria Sênior, quanto para os mais novos. O torneio será classificatório para o Pan-Pacífico, para o Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos e para os Jogos Olímpicos da Juventude.

Cesar Cielo. Trofeu Jose Finkel de Natacao, realizado na Unisanta. 08 de agosto de 2017, Santos, SP, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Entre os principais nomes da competição, estão os campeões olímpicos Cesar Cielo, que nadará novamente pelo Pinheiros, Ruta Meilutyte, que atuará pelo Clube de Regatas Flamengo, e a holandesa Sharon Van Rouwendaal, campeã nas maratonas aquáticas que representará a Unisanta nesta temporada. Além deles, os brasileiros medalhistas de Budapeste: Ana Marcela Cunha, Bruno Fratus, Nicholas Santos, Gabriel Santos, João Gomes Júnior e Marcelo Chierighini cairão na água a partir de terça-feira.
“O Maria Lenk 2018 marca uma nova era dentro da natação brasileira, resgatando valores perdidos e trazendo uma intenção de fazer uma grande natação para o Brasil, formando grandes seleções e grandes atletas. Isso reflete que atletas de renome internacional vêm disputar essa competição, mostra a importância do torneio no circuito dos atletas”, disse o supervisor de natação da CBDA, Gustavo Otsuka.

Poliana Okimoto durante a prova de 10Km da maratona aquatica realizada na praia de Copabana. Jogos Olimpicos Rio 2016. 15 de Agosto de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress

“O Troféu Brasil deste ano tem todos os ingredientes que os amantes da natação querem. Tem a presença de três campeões olímpicos, medalhistas do último mundial, disputa acirrada entre os clubes, a formação de três seleções brasileiras e, pela primeira vez, a seleção brasileira principal sairá de seletiva única, na final da competição. Como se não bastasse, é o primeiro TB da nova gestão. Imperdível”, falou o diretor geral de esportes da CBDA, Renato Cordani.

 

Por João Paulo de Castro Assessor de Imprensa CBDA
Fotos Satiro Sodré