Comitê Paralímpico Internacional e a International Disability Alliance assinam Acordo de Cooperação

1 semana ago 0

O acordo histórico fará com que as duas organizações com ideias semelhantes colaborem em uma série de iniciativas.
O Comitê Paraolímpico Internacional (IPC) e a Aliança Internacional para Deficientes (IDA) devem assinar um Acordo de Cooperação histórico para promover os direitos das pessoas com deficiência e se comprometerem conjuntamente a usar o Paraesporte como um veículo para impulsionar a agenda de direitos humanos.
Como parte do acordo, as duas organizações trabalharão juntas para desenvolver e implementar campanhas de comunicação inclusivas estratégicas mutuamente benéficas. As duas organizações também esperam colaborar em eventos importantes, como o IPC Inclusion Summit e Global Disability Summit, e explorar áreas de interesse comum em torno de estratégia, desenvolvimento de políticas, pesquisa e comunicação.
As duas organizações também buscarão promover uma maior cooperação em seus respectivos níveis de governança, por exemplo, em sua colaboração em níveis de Conselho e equipe de gestão, principalmente com o propósito de promover os direitos das pessoas com deficiência em todo o mundo.
Andrew Parsons, presidente do IPC, disse: “Este é um acordo extremamente importante e estratégico entre o IPC e a IDA. O IPC é antes de mais nada uma organização esportiva, também queremos mudar o mundo. A colaboração com uma organização como a IDA, líder absoluta em direitos globais das pessoas com deficiência, nos ajudará a fazer exatamente isso.
“Queremos trabalhar em estreita colaboração com organizações que compartilham nossa paixão por desafiar o estigma associado à deficiência, capacitar a transformação social e impulsionar a agenda de direitos humanos para criar uma sociedade mais inclusiva para todos. IDA preenche todas as três caixas.
“Com a IDA, vamos colaborar em uma série de iniciativas que irão estender o impacto do Movimento Paraolímpico para além dos eventos esportivos. Trabalharemos juntos para promover a implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e capacitar a vida de um bilhão de pessoas com deficiência no mundo.
“Antes de Tóquio 2021, pretendemos lançar nossa maior campanha de comunicação global até o momento e ter como objetivo fazer parceria com várias organizações globais, como a IDA, para maximizar o impacto e o alcance. Esta é uma parceria muito emocionante para nós. ”
Ana Lucia Arellano, presidente da IDA disse: “A International Disability Alliance está entusiasmada com a parceria com o IPC neste movimento histórico para o movimento dos direitos das pessoas com deficiência para tornar nosso coletivo mais completo e inclusivo. Essa parceria também representa os compromissos da IDA em promover o esporte paraense e o reconhecimento do esporte como uma linguagem universal. O IPC é uma organização importante para fortalecer a transformação social em direção a um mundo inclusivo e, na IDA, nos esforçamos continuamente para garantir que todas as pessoas com deficiência sejam incluídas em todos os aspectos da sociedade e em todas as partes do mundo. Estamos muito entusiasmados por fazer parte de um movimento que não aceita barreiras à prática de esportes e que cria oportunidades iguais para todos.
“O artigo 30 da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência se refere à participação na vida cultural, recreação, lazer e esporte. Na IDA, reconhecemos as facetas da diversidade que permitem uma participação igualitária, incluindo o direito das pessoas com deficiência a participarem em igualdade de condições com outras pessoas na vida cultural. Estamos satisfeitos com o reconhecimento de nossos direitos de participar do esporte e estamos comprometidos em trabalhar em estreita colaboração com o IPC para realizar isso para todos os grupos de todas as regiões do mundo e alcançar o maior número de pessoas possível”.
Fundada em 1999, a IDA é uma aliança de redes que reúne mais de 1.100 organizações de pessoas com deficiência e suas famílias em oito redes globais e seis regionais e em mais de 180 países. A visão da IDA é uma sociedade que valoriza a diversidade, respeita a igualdade e realiza todo o potencial das pessoas com deficiência para construir um mundo melhor para todos. Sua missão é promover os direitos humanos das pessoas com deficiência como uma voz unida de organizações de pessoas com deficiência, utilizando a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e outros instrumentos de direitos humanos.
O IPC é o órgão governante global do Movimento Paralímpico e possui mais de 200 organizações membros compostas por Comitês Paraolímpicos Nacionais, Federações Internacionais, Organizações Regionais e