NADADORA BRASILEIRA DE 14 ANOS MORRE POR COMPLICAÇÕES DEVIDO A COVID-19

2 meses ago 0

A nadadora brasileira Mariana Franklin Ferreira Silva, de 14 anos, faleceu no último sábado, 19 de dezembro, devido a complicações do COVID-19, apesar de ter sido liberada para competir.

Franklin Ferreira Silva testou inicialmente positivo para o vírus em novembro e não apresentava muitos sintomas segundo parentes.

Após receber alta do hospital, Franklin Ferreira Silva foi autorizada a retomar os treinamentos com sua equipe de natação. Ela voltou a competir nos dias 9 e 10 de dezembro em Santos, nadando as provas 50, 100 e 200 livres.

Ao retornar para sua cidade natal, ele desenvolveu uma dor de garganta. No dia 13 de dezembro, ela foi para o hospital onde foi diagnosticada uma infecção pulmonar. Segundo o Hospital Regional Presidente Prudente, ela recebeu tratamento e alta hospitalar no mesmo dia. Em 17 de dezembro, ela voltou ao hospital com sintomas respiratórios mais graves. Dois dias depois ela morreu.

“A Mariana cumpriu o seu dever aqui na terra, trouxe-nos alegria, realizou sonhos”, disse a tia, Érica Bernardes da Silva. “O que aconteceu deve nos ensinar que devemos ter muito cuidado com o COVID-19”. É uma doença que mata muito rapidamente. Os profissionais de saúde precisam ser mais cuidadosos ao lidar com quaisquer sintomas relacionados, precisamos nos proteger. Cada um tem que fazer a sua parte”.

Mariana Franklin Ferreira Silva esperava participar do Campeonato Paulista de Bauru, de 16 a 19 de dezembro.

“A sacola dela ainda está em casa, pronta. Ela acreditava que poderia se recuperar. Ele queria muito competir no Paulistão”.

FONTE SWIM SWAM ITÁLIA

https://swimswam.com/nuotatrice-14enne-brasiliana-muore-per-complicazioni-dovute-covid-19/

TRITV COM OS GAÚCHOS, PELO RIO GRANDE E O PROJETO NADANDO PELOS CARTÕES POSTAIS
Uma nadada pela conscientização ambiental
Márcio Weber nadou o percurso de 12 Km da Praia do Paquetá, em Canoas, até a Usina do Gasômetro na capital dos gaúchos, Porto Alegre.