Sete finais, sete países com ouro no quinto dia do 14º Campeonato Mundial FINA de Natação

2 anos ago 0

O quinto dia do 14º Campeonato MundiaL de Natação FINA (25m), que termina neste domingo, em Hangzhou (CHN), foi o único sem World Records, mas registrou a melhor variedade possível de vencedores, onde sete medalhas de ouro em jogo foram distribuídas entre sete países diferentes. Rússia e China ficaram com o ouro em revezamento emocionantes, Katinka Hosszu (HUN) ganhou seu quarto ouro na competição, Nicholas Santos (BRA) venceu Chad Le Clos no borboleta 50m dos homens, e Daiya Seto (JPN) conseguiu o quarto título consecutivo nos 400m medley. Houve ainda tempo para Alia Atkinson (JAM) e Olivia Smoliga (EUA) brilharem mais uma vez na piscina em Hangzhou.O quinto dia do 14º Campeonato MundiaL de Natação FINA (25m), que termina neste domingo, em Hangzhou (CHN), foi o único sem World Records, mas registrou a melhor variedade possível de vencedores, onde sete medalhas de ouro em jogo foram distribuídas entre sete países diferentes. Rússia e China ficaram com o ouro em revezamento emocionantes, Katinka Hosszu (HUN) ganhou seu quarto ouro na competição, Nicholas Santos (BRA) venceu Chad Le Clos no borboleta 50m dos homens, e Daiya Seto (JPN) conseguiu o quarto título consecutivo nos 400m medley. Houve ainda tempo para Alia Atkinson (JAM) e Olivia Smoliga (EUA) brilharem mais uma vez na piscina em Hangzhou.

O dia começou com a prova das mulheres 200m medley, onde Katinka Hosszu favorita (HUN) não decepcionou para o ouro em 2: 03,25. Foi o terceiro título consecutivo para Hosszu (detentora WR em 2: 01.86) neste evento, após o título mundial em 2014 e 2016, e uma prata em 2012. Em Hangzhou, foi sua quarta vitória, depois de sucessos anteriores da 200m borboleta, 100m medley e 400m IM. Melanie Margalis (EUA, bronze em 2014), ficou em segundo lugar em Hangzhou, chegando em 2:04,62, enquanto sua companheira de equipe Kathleen Baker levou o bronze em 2: 05,54. Ye Shiwen, da China, medalha de prata em 2010 e campeã do mundo em 2012, não fez o pódio, concluindo em quarto (2: 05.79).

Nos 50m borboleta uma emocionante briga dos homens, Nicholas Santos (BRA) saiu como uma bala e conseguiu manter o ritmo até o fim, tocando para o ouro em 21.81, um novo Championships Record. O astro brasileiro é titular da WR na distância, com 21,75 na Copa do Mundo de Natação, e melhorou a melhor marca do encontro, estabelecida por Chad Le Clos em Doha 2014 (21,95). O Sul-Africano fez um tempo de (21.97), em Hangzhou, ganhando a prata, enquanto Dylan Carter, de Trinidad & Tobago, ganhou bronze em 22,38. Foi a segunda medalha para o país caribenho, após o bronze de George Bovell nos 100m IM em 2012. Para Santos, foi feliz em “recuperar” o ouro depois de sua vitória em 2012, e triunfos posteriores de Le Clos em 2014 e 2016.

A única vitória do USA do dia veio em 50m costas com Olivia Smoliga garantindo o ouro em 25.88 – ela tinha sido segundo em 2012, em Istambul (TUR) e já primeira nos 100m costas em Hangzhou. A prata foi para Caroline Pilhatsch, da Áustria, que cronometrou 25.99, enquanto o bronze foi para a AustrálianaHolly Barratt em 26,04. Foi a primeira medalha neste nível para a 19-year-old nadador Europeia – em Windsor 2016.

Nos 400m medely masculino, Daiya Seto (JPN) fez uma prova solitária e parecia em boa posição para melhorar a WR pertencente a Ryan Lochte (EUA) desde 2010 em 3:55.50. Antes da volta em estilo livre, ele estava bem abaixo da melhor marca global, mas depois perdeu um pouco de energia e tocou a borda em 3:56.43 para o seu quarto título consecutivo no evento. O grande japonês havia vencido os 200m borboleta em Hangzhou em um novo tempo WR. As medalhas menores foram para Thomas Fraser-Holmes (AUS, 4: 02.74) e Brandonn Almeida (BRA, 4: 03.71).
FINA Departamento de Comunicação Federation Internationale de Natation (FINA)

O Portal Francisswim.com.br promove diversas ações e projetos visando inclusão social e responsabilidade ambiental que são compartilhadas em nossas plataformas de redes sociais. Social ResponsabilityThe Francisswim.com.br Portal promotes diverse actions and projects aiming at social inclusion and environmental responsibility that are shared in our platforms of social networks.

Saiba mais sobre a Casa de Apoio Madre Ana 

A Casa de Apoio Madre Ana proporciona um acolhimento digno a pacientes pediátricos e adultos portadores de câncer, transplantados, com problemas cardíacos, dentre outros, juntamente com seus acompanhantes vindos do interior do Estado e de outros estados brasileiros. São pessoas de baixa renda que necessitam de um suporte integral durante o período do seu tratamento na Santa Casa.Os hóspedes recebem moradia, alimentação, material de higiene e conforto espiritual sem nenhum custo. Tudo com um único objetivo: aumentar as chances de cura dos nossos pacientes assistidos.O leitor do site Francisswim.com.br que quer contribuir pode clicar na logomarca da Casa de Apoio Madre Ana e adicionar uma doação. Além disso, também é possível ser doador mensal para tanto, basta acessar o link:  https://goo.gl/cK5wHb

Saiba mais sobre o Banco de Alimentos

O Banco de Alimentos atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento, e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes, tais como creches, asilos, lares de excepcionais, entre outras ongs. A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul possui 23 Bancos de Alimentos associados no Estado, os quais doam mais de 500 toneladas de alimentos para 900 instituições, todos os meses. Além da doação de alimentos, desenvolve projetos de nutrição em parceria com as principais universidades Gaúchas, levando mais Segurança Alimentar e Nutricional para as pessoas atendidas nas entidades beneficentes. Participe dessa luta contra a fome e a miséria, entre em contato com o Banco de Alimentos! Telefone: 51-3026.8020 – E-mail: bancodealimentos@bancodealimentosRS.org.br. Site para maiores informações: http://www.redebancodealimentos.org.br/Inicial